7 dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia

Para uma viagem desse porte é recomendado que se esteja planejando com alguns vários meses de antecedência. Por isso, criamos esse post sobre as principais dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia. E se você é do nosso time, que precisa levantar uma grana, estas dicas vão te atingir em cheio.

Nossa leitora, super operante no insta e stories, Thabata @thabatasuzigan,  fez muitas perguntinhas no Direct. Ela vai visitar a Tailândia no final do ano #Eiketudogente! E ainda tem muitas dúvidas. Aproveitei a chance e pedi para ela me passar as principais. Unimos os questionamentos dela com as de outros seguidores (que também foram dúvidas nossas e provavelmente são as suas) e fechamos as 7 principais dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia. Dá uma olhada nelas. Abaixo as respostas, de acordo com o que vivenciamos e com o NOSSO perfil de viajantes. 🙂

 

Então vamos às principais dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia!

 

1 – Quantos dias para conhecer o país?

Eu, Mônica, recomendo ter disponível pelo menos 15 dias livres para se visitar aquelas bandas. Os motivos são simples:

  • Tempo de deslocamento – Amiguinho(a), você vai gastar, pelo menos, 26 horas de voo, cada trecho (22 horas, desconsiderando as paradas para abastecimento e troca de aeronave). São vinte e duas horas voando, meia volta ao mundo. E eu confesso que só tive noção do real significado disso quando estava lá, no meio das nuvens, há horas cruzando continentes e oceanos.
  • A Tailândia não é um país pequeno. O quinquagésimo maior do mundo em área territorial. Logo, é bom ter tempo para se conhecer o máximo de locais, sem obviamente, deixar de curtir a trip. Há muito o que se ver, fazer, visitar, conhecer, entender…

Dica: Montar o roteiro de acordo com a quantidade de dias livres no(s) país(es) que deseja visitar.


2 – Quanto tempo ficar em cada lugar?

Essa aqui é clássica. Talvez a principal das dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia e aos países vizinhos, tô mentindo? Então querido(a)s, vocês me perdoem, mas sempre há de haver um DEPENDE para a grande maioria dos questionamentos. Porque “cê” sabe, existem pessoas que gostam MUITO de conhecer a Cultura Local (Templos, museus, feiras, vida noturna etc e tal). Já outros curtem mesmo é praia, locais paradisíacos, água salgada, vitamin sea, torrar no sol, “pegar jacaré”, tomar uma gelada vendo o mar, 50 graus na cabeça, esquenta mais que tá pouco…tá gente, deu pra entender a nossa pegada. Heheheh

Tem também os que tiram férias para descansar e levam a sério o significado dessa palavra. Enquanto outros passam mais tempo em deslocamentos do que em qualquer lugar. Enfim. Para nós, o ideal mínimo seria de 3 dias para cada cidade, levando em consideração os deslocamentos.

 

Nosso roteiro ficou assim (se quiser saber mais detalhes, clique aqui – abre que vale a pena!):

duvidas que todo viajante tem antes de ir a Tailandia

Ficamos bastante satisfeitos com nossas escolhas. Obviamente que poderíamos ter ficado só na Tailândia, assim provavelmente teríamos conhecido outras ilhas e feito o passeio ao Santuário de Elefantes. Mas por escolha nossa (e inquietação, louca de vontade de conhecer aquela cachoeira do Laos), fomos à dois países.

Se eu pudesse mudar alguma coisa no roteiro, teria deixado mais um dia para a capital Bangkok, pois conhecemos poucos templos de lá. Também teria separado mais tempo para Chiang Rai. Ainda assim, acredito que tivemos muito sucesso no que fizemos, e ainda contamos com a sorte, por não pegamos chuvas em nenhum momento.


3 – Qual a melhor forma de se locomover de uma região à outra?

A Logística na tailândia é uma coisa que flui de forma relativamente tranquila. Há diversas cias aéreas com esquema low cost, além de embarcações, ônibus, trens, vans e transporte privado. Para otimizar melhor o tempo, o avião é sempre a melhor opção. Onde ele não chega (por ex. nas Ilhas), vá de Ferry. Agora, se você está numa viagem com bastante tempo disponível e tendo que controlar bem os gastos, as outras opções são válidas. Eu queria muito viajar internamente de trem e cogitei visitarmos o Laos em um Barco que faz a travessia. Mas para 23 dias, não seria uma boa ideia. Até porque, ainda tentando otimizar o tempo, gastamos horas preciosas nos deslocando. Houve dia que ficamos 10 horas para sairmos de uma ilha e chegarmos a outra.

No total foram 8 voos (4 Brasil – Tailândia e 4 internos), 4 barcos, 3 ônibus, 2 minivans e 1 carro privativo. É bastante coisa, mas se você for ver, passamos por 8 cidades. Sendo que 3 delas eram no Laos.


4 – Quanto dinheiro devo levar?

Nossa planilha de gastos você encontra aqui. Deixo claro: Não fizemos uma trip de baixo custo. Nós guardamos dim dim nos meses antecedentes à viagem, fizemos “sacrifício” no Brasil para guardar o máximo que conseguíamos, e lá, fizemos tudo o que queríamos.

Ainda assim, nosso dinheiro rendeu bem. Ficamos em pousadas boas, de médio custo (também ficamos em hostel). No geral, gastamos pouco com a alimentação. Mas não deixamos de tomar nossa cervejinha (que já não é barata, é um preço muito semelhante ao cobrado no Brasil), e ainda fizemos mergulho (pagamos o fotógrafo mergulhador para fazer fotos e filmagens nossas no meio da vida marinha. Se você não viu ainda, veja aqui).

Enfim, foram diversos passeios distribuídos em 8 cidades diferentes.


5 – Como vou me comunicar com o pessoal no Brasil?

Usamos o chip que ganhamos da EasySim4U. Foi útil para falar no Whatsapp, se deslocar pelas cidades (Waze) e para postar fotíneas nas redes sociais. Mas, ainda vale a pena pesquisar um chip no próprio aeroporto. O processo é rápido e o preço interessante. O pessoal do blog Viajando na Janela fez isso e adorou! Por falar neles, o casal já está com dicas quentíssimas sobre essa viagem, dá uma conferida no link. 🙂 

duvidas que todo viajante tem antes de ir a Tailandia - viajando na janela
Casal Viajando na Janela!

6 – Preciso saber inglês fluente?

Outra das típicas dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia. Pois bem, ao chegarmos, tentávamos formular frases bonitas e certinhas em inglês e ninguém entendia nada. Foi aí que fomos percebendo que eles não são bons na língua. Vale a pena saber? Claro, sempre vale. Mas se você aprender o básico e andar com o google tradutor do lado, já consegue se virar. Lá você pode (e deve) usar a famosa mímica e palavras chaves.


7 – Vale a pena ficar hospedado em Chiang Rai?

Vou falar sobre essa cidade em uma postagem completa, pois ao contrário do que muitos pensam, Chiang Rai vai muito além do Templo Branco. Mas para você não ficar muito curioso: Vale sim, ao menos por uma noite. 

 


Então é isso pessoal, respondidas as principais dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia? Faltou alguma coisa? Sinta-se à vontade para deixar nos comentários. 😉

#VivaLeve


sudeste asiatico, por onde comecar - tailandia - laos febre amarela - anvisa

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem | Chip 4G

Gif por Marco Martina


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

15 comentários em “7 dúvidas que todo viajante tem antes de ir à Tailândia

  • 26 de maio de 2017 em 15:27
    Permalink

    Muito bom este post, ótimas dicas e muito importantes. Viajar para um lugar com uma cultura tão diferente é necessário muito preparo. Parabéns.

    Resposta
    • 29 de maio de 2017 em 09:12
      Permalink

      Obrigado Alessandra! Que bom que gostou do post. Realmente é necessário ler bastante, e foi o que nós fizemos e repassamos as dicas que pescamos na internet e aprendemos por lá. 😉

      Resposta
  • 19 de maio de 2017 em 23:54
    Permalink

    Olááá! Adorei este post, porque eu mesma me fazia algumas dessas perguntas, he he he he. Foi excelente para esclarecer o que não sabia!
    Parabéns!
    Abraços,
    Carolina

    Resposta
  • 19 de maio de 2017 em 10:17
    Permalink

    ahh recebo exatamente essas perguntas no meu blog, muito legal você fazer um post respondendo as principais duvidas da galera!! saudades da tailandia linda!

    Resposta
  • 19 de maio de 2017 em 07:29
    Permalink

    Que post maravilhoso! Dúvidas sempre pipocam na cabeça dos viajantes. Essa de quantos dias em cada lugar é clássica, independente do destino. 🙂

    Resposta
  • 18 de maio de 2017 em 19:12
    Permalink

    A Ásia, mas especificamente a Tailândia está na minha lista de viagem para o próximo ano, estou lendo muita coisa sobre o país e é muito bom saber a sua percepção sobre o local.

    Resposta
  • 18 de maio de 2017 em 17:34
    Permalink

    Que bacana! Mesmo já tendo feito uma viagem à Tailândia achei as informações muito úteis.
    Meu marido e eu estamos em uma viagem de volta ao mundo, passaremos pela Ásia no início de 2018. Já vou obriga-lo a ler este post! Hehehe
    Beijos!

    Resposta
  • 18 de maio de 2017 em 14:32
    Permalink

    Hey, que post mais tudão gente! hahah.. Adorei! A viagem de vocês foi uma inspiração. Agora quando for planejar a nossa já sei onde encontrar as melhores dicas: aqui no Leve sem Destino! =)

    Resposta
  • Pingback: Como é voar para a Tailândia pela Ethiopian Airlines | Leve Sem Destino

  • 3 de maio de 2017 em 11:41
    Permalink

    Eita! Não estamos fracos não hein? Foto grandona no levesemdestino.com não é pra qualquer um!!!

    Valeu mais uma vez pela indicação pessoal, estamos acompanhando todas as postagens de vocês e relembrando cada momento por lá. Quem me dera ter visto todas estas dicas em outros blogs antes da viagem, teríamos nos organizado muito melhor!

    Um abração!

    Resposta
    • 11 de maio de 2017 em 08:28
      Permalink

      Grande Flávão!

      Vocês merecem várias fotos grandes rsrs
      Que bom que vocês estão acompanhando! Nós também estamos!
      😉

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *