Curiosidades e Dicas Básicas – Tailândia e Laos

Olá pessoal! Como vai essa força?!

Aposto que vocês estavam com saudades das nossas publicações, e ainda, curiosos para saberem o que trouxemos de bom dessa parte do Oriente.

A postagem completa sobre as primeiras impressões de cada um dos dois países que visitamos estará disponível muito em breve.

Por enquanto vamos de postagem curtinha, que é pra você já anotar as primeiras dicas e ter uma ideia de como funciona o Sudeste Asiático (ou, pelo menos, parte dele :] ).

Vamos à algumas curiosidades e dicas básicas da Tailândia e Laos:

Economia

1 – 1 real equivale a 10 Bath (moeda tailndesa) e 2.626 kips (moeda laosiana).

 

 

Fuso Horário

2 – Em ambos os países estamos 10 horas a frente do horário brasileiro. Essa é a diferença de fuso e não foi fácil entendermos isso no começo da viagem. rsrs

 

Direção

3 – Na Tailândia o modelo de direção é a chamada “mão inglesa” (motorista do lado direito do veículo) e todo o resto funciona dessa forma. (Pistas, estradas)

 

Religião

4 – A religião predominante em ambos os países é o Budismo. E na Tailândia para cada esquina há um templo – são muitos.

 

Alimentação

5 – Como talheres, os tailandeses usam garfo e COLHER. Isso mesmo, faca só para estrangeiro. Esses mesmos talheres são usados principalmente quando eles vão se alimentar de sopa. (Estranho né? Mas eles são mestres no manuseio dessas ferramentas. É curioso de se ver)

 

6 – A culinária tailandesa é bem variada. Seu prato típico mais famoso é o Pad Thai (uma espécie de massa feita de arroz, servida com camarões, amendoim, tamarindo, vegetais e temperos). A laociana mantém a variedade, mas não tem um prato tão famoso. Lá, come-se muito do arroz glutinoso (uma espécie de sticky rice, só que ainda mais grudado rsrs), e sopas.

 

7 – Ambos os povos consomem bastante frango, porco e peixe. Ao que parece, eles não gostam muito da carne vermelha. Mas adoram uma pimenta.

 

8 – Na Tailândia há a rede Seven Eleven praticamente em todo canto que se olhe, garantindo lanches rápidos e economia.

Segurança

9 – Os índices de criminalidade em ambos os países são bem baixos. Em geral, os pontos mais visados pelo turismo na Tailândia (Bangkok, as Ilhas e as cidades do Norte) não sofrem de problemas graves de insegurança pessoal. Parte em função da ética budista, que condena rigorosamente o roubo, parte em decorrência da crença na reencarnação e no peso das vidas anteriores (“karma”), que justifica a situação individual de cada ser humano e sua posição na escala social. fonte

 

Transporte

10 – A logística nesta região flui de forma relativamente tranquila. É bem fácil sair de uma cidade à outra, e ainda, de forma econômica. São diversas companhias aéreas com esquema low cost, além de ônibus, embarcações enormes, vans e transporte privado.

 

E aí meu povo?! Gostaram das primeiras dicas? Há alguma informação importante que você queira saber já agora?! Escreva pra gente! Vamos adorar sua participação. 😉

 


sudeste asiatico, por onde comecar - tailandia - laos febre amarela - anvisa

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem | Chip 4G

Gif por Marco Martina


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

2 comentários em “Curiosidades e Dicas Básicas – Tailândia e Laos

  • 19 de maio de 2017 em 22:08
    Permalink

    Ahhhhh, vendo suas fotos bateu uma vontaaaade de comer pad thai! E esse fried rice no abacaxi, não cheguei a provar e super me arrependo por isso… Acho que a gente tem mais é que arriscar e sair experimentando tudo, né?
    Da próxima vez até o mango sticky rice não me escapa hahaha

    Amaaando matar a saudade da Tailândia com os posts de vcs, tá tudo lindo!

    Beijo casal, saudades!

    Resposta
  • Pingback: Como é voar para a Tailândia pela Ethiopian Airlines | Leve Sem Destino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *