Viajar te traz mais felicidade do que adquirir bens materiais

Segundo um estudo do psicólogo Thomas Gilovich, viajar traz mais felicidade do que adquirir bens materiais.

O exemplo do Smartphone acaba por ser bastante pertinente, nem precisamos explicar o porquê, né gente? As filas na Apple Store são uma constante à cada novo lançamento. Voltando: O estudo foi feito ao longo de duas décadas, e ainda sugere que o segredo da felicidade está em viajar/viver experiências.

 

Ele indica 5 razões para isso:

 1. Você enjoa de bens materiais facilmente. Já as viagens são experiências que você guarda pra sempre

      – Um bom exemplo é o Smartphone que citamos. Quando você compra, abre a caixa, liga o aparelho, está todo animado. Um mês depois já está se acostumando e no ano seguinte já pensa em trocá-lo. (E olha que eu conheço bem essa sensação, adoro novas tecnologias). Já em viagens, em geral, você planeja, curte e volta todo empolgado. Isso quando não diz para si mesmo que não vai voltar mais para casa. Tô mentindo? E digo mais, os anos vão passar, mas de suas viagens você não vai esquecer! E ainda vai contar para as pessoas com a mesma empolgação sentida no momento.

 

2. Você posteriormente visualiza uma experiência ruim, com olhos melhores

     – Se você comprar um sapato que machuca seu dedo mindinho, não há nada que você possa fazer sobre isso. Foi apenas uma compra ruim. Agora, se você viajar, e alguma coisa der errado, você vai achar ruim. Mas depois vai enxergar como um desafio e lembrar mais dos aspectos positivos do que negativos. Com coisas materiais você não pode fazer isso, porque elas são o que são.

 

3. É muito mais difícil de comparar experiências do que bens materiais
   – Direto ao ponto, se você tem um Ford Ka e o seu vizinho tem um Porche, não há nenhuma dúvida de que o dele é melhor. Agora, digamos que esse mesmo vizinho, de férias, foi para um Resort All Inclusive. E você foi para uma pousadinha na beira da praia. Ok, ele ostentou mais do que você. Mas tem como dizer que as férias deles foram melhores do que as suas? 

 

4. Coisas que você tem X Experiências que você já teve
   – É uma questão de identidade. As coisas que você tem contribuem muito menos para quem você é do que as experiências que você já teve. Sendo simples e objetivo: Uma pessoa é muito mais interessante pelas histórias e experiências de vida, do que pelos bens materiais que ela adquiriu.

 

5. Viagens tendem a aproximar as pessoas

   – Este ponto é fundamental. Nós somos animais sociáveis e estar junto de outras pessoas nos traz mais felicidade. E ainda que socializar não seja seu “forte”, viajar quebra barreiras e nos torna seres mais adaptáveis. Consequentemente, mais experientes e interessantes aos olhos de quem nos rodeia.

Nossas considerações:

Para nós, viajar é uma das melhores formas de se evoluir como ser humano, pois é quando você sai da zona de conforto e abre a mente para o que o mundo realmente é. As culturas e tradições são aquilo que seus olhos vivenciam, não o que os telejornais informam. Quando você visita determinado local, que não necessariamente precisa ser outro país, seu corpo tende a observar mais e se preparar melhor para a troca de informações a fim de evitar um choque cultural que venha a de alguma forma, prejudicar a experiência.

Pra finalizar, agora que você sabe de tudo isso, se você recebesse R$2000 pra comprar um iphone ou viajar. O que você faria?

Este Texto foi inteiramente baseado na pesquisa publicada no site Salon.com e nas considerações da colunista Amanda Noventa para o Viagem Estadão. 

sudeste asiatico, por onde comecar - tailandia - laos febre amarela - anvisa

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem | Chip 4G

Gif por Marco Martina


Fábio Brasil

Brasiliense, formado em Ciência da Computação e louco por tecnologia. Assim que começou a ganhar um pouco de dinheiro e comprou um carro, passou a viajar bastante com sua namorada e parceira de blog, Mônica Rodrigues. Degustador amador de vinhos, cervejas e bons drinks. Pronto para aproveitar o melhor que a vida tem a oferecer!

3 comentários em “Viajar te traz mais felicidade do que adquirir bens materiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *