O Que Fazer em Ilha Grande – Saiba Tudo Sobre Esse Paraíso

Ilha Grande, disparado um dos lugares mais bonitos do Brasil! Não só pelas paradisíacas praias, ou pela predominância de Mata Atlântica – um infinito verde/preservado. Tampouco pelo ideal de desconexão quase que total com a vida urbana. Não! A proposta de estar nela vai além. Desses lugares que visitar uma vez só, não basta. E é por isso que estamos criando o Guia O Que Fazer em Ilha Grande, para que você aproveite ao máximo.


O que você encontrará nesse artigo:


​Arquipélago situado no município de Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro. A maior ilha do estado do Rio de Janeiro, são 193 km² de natureza exuberante formada pela Mata Atlântica e mais de 100 praias de águas nesses tons das fotos abaixo – algumas, muito mais transparentes. Em Ilha Grande você encontra uma variedade interminável de trilhas e imersão em um lugar extremamente preservado.

 

Onde Fica Ilha Grande

Localizada a cerca de 170 km do Rio de Janeiro, Ilha Grande faz parte da chamada Região da Costa Verde, que vai do litoral sul do estado do Rio de Janeiro até o norte do litoral do estado de São Paulo. O vilarejo mais importante e estruturado da ilha é a chamada Vila do Abraão.

Curiosidade: O nome Costa Verde é dado devido à expressiva presença de Mata Atlântica que ainda existe nesse trecho do litoral brasileiro. Engloba os municípios de Mangaratiba, Angra dos Reis, Itaguaí e Paraty no estado do Rio de Janeiro e Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela no estado de São Paulo. (fonte)

 

Como Chegar em Ilha Grande 

A primeira coisa que você deve saber sobre como chegar em Ilha Grande: só é possível de barco, sendo que essas embarcações apenas transportam passageiros, ou seja, não há trânsito de veículos em Ilha Grande – isso mesmo, não há pontes ou balsas. E essa característica mantém a rusticidade e encanto de Ilha Grande.

A segunda: depende da localidade que você sai e onde pretende ficar hospedado(a). Ilha Grande é realmente imensa e há 3 diferentes pontos de onde partem as embarcações para a Ilha, que são: Mangaratiba, Conceição de Jacareí e Angra dos Reis. Veja no mapa abaixo mostrando as 3 rotas.

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros
Fonte: ilhagrande.com.br

 

Como saímos do Rio de Janeiro, nossa escolha foi fazer a travessia em Conceição de Jacareí, pois nela o percurso da embarcação é mais curto do que saindo de Mangaratiba. Ou seja, nossa viagem que levou cerca de 20 minutos, poderia durar até 1h, se partindo da primeira cidade.

Vale lembrar também que, caso você esteja de carro, o veículo deverá ser deixado em algum estacionamento cadastrado nos sites oficiais de Ilha Grande, pois são seguros e aceitam reserva. A maioria são pagos, então se informe sobre os estacionamentos regulares.

Pretende alugar um carro para conhecer Ilha Grande, Angra dos Reis e demais regiões litorâneas? Aqui você pode fazer sua reserva online e parcelar no cartão de crédito em até 12 vezes.

 

Como Chegar Em Ilha Grande De ônibus

As companhias Costa Verde, Reunidas e Útil ligam cidades dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, a Angra dos Reis, Conceição de Jacareí e Mangaratiba, respectivamente.

 

Dica

  • Caso sua escolha para a travessia seja Conceição de Jacareí, a mesma que fizemos, fique atento ao chamado do motorista, pois ele para à beira da estrada e não em rodoviária.
  • Nossa ida a Ilha Grande aconteceu em Novembro de 2020, quando devido ao Covid-19, a retomada gradual das atividades turísticas estavam acontecendo, sem a certeza que poderíamos descer em Conceição de Jacareí. Para nossa sorte, deu tudo certo, pois caso contrário teríamos que desembarcar em Angra dos Reis. Lá, tanto a ida quanto a volta seria muito maior e trabalhosa.
  • Agora, para quem chega de Paraty ou São Paulo, a opção mais próxima a Ilha Grande é Angra dos Reis.
  • Se você vai na alta temporada, antecipe-se na reserva de estacionamento e volta das embarcações (tente comprar ida e volta juntos).
  • Se possível, procure o Flex Boat, pois o Fast Boat, dependendo da maré, vai te deixar bem molhado (acredite, aconteceu com Fábio ).

 

Como Chegar em Ilha Grande De Carro

Vindo do Rio ou de São Paulo, o acesso é pela Rio-Santos (BR-101)

 

Como Chegar em Ilha Grande De Transfer

Você também pode contratar um translado que parte de hotéis na zona sul e dos aeroportos do Rio de Janeiro.

 

Onde se Hospedar em Ilha Grande

Como disse anteriormente, a Vila do Abraão é o vilarejo com melhor infraestrutura, tendo ampla oferta de pousadas, campings, bares, restaurantes, agências (que oferecem passeios e translados) e comércio para turistas. Também é aqui que atracam a maioria dos barcos que saem de Angra dos Reis, Conceição de Jacareí e Mangaratiba.

 

AirBnB na Vila do Abraão

Nós nos hospedamos nesse loft bem aconchegante. Um excelente custo-benefício. Ele acomoda bem 4 pessoas e é todo equipado. Aqui você pode fazer sua própria refeição e poupar uma grana para ser usada nos passeios. Em nosso caso, as sobras de refeição vinham todas para o frigobar, pois eu não sei vocês, mas quando a gente pede almoço/jantar para 2, costuma sobrar bastante.

 

Agora, se você quer ficar ainda mais próximo da brisa do mar, esse apartamentinho é pra você. Ele também acomoda 4 pessoas e é equipado com utensílios de cozinha, além de ser super bem localizado.

 

Prefere se hospedar em um local em meio a natureza? Essa opção, um pouco mais afastada é uma excelente pedida. Perto da mata e com vista para o mar, a casa é banhada de elogios pela rusticidade e simpatia da anfitriã, Isabelly.

 

Além da Vila do Abraão, há outros vilarejos onde você pode se hospedar, porém, de estrutura mais simples e acesso mais restrito, que são: Enseada de Araçatiba, Praia Vermelha, Enseada de Palmas.

 

Dicas:

  • Em Ilha Grande, seja na Vila do Abraão ou em outro ponto escolhido para ficar, menos é mais! Evite levar malas pesadas, principalmente as de rodinha, pois boa parte das ruas da Vila são de areia ou chão batido.
Quer mais?! Nesse post há 12 opções de hospedagens, das melhores de Ilha Grande, para você aproveitar!

 

AirBnB em Araçatiba

Perto da Praia de Araçatiba, o Flat Do Leo ganha destaque pela vista para o mar, localização e por oferecer um amplo espaço, que comporta 4 pessoas. Em frente ao flat há ainda restaurante e mercado.

 

AirBnB na Praia Vermelha

Já em Praia Vermelha, a casa Aconchego Na Praia Vermelha tem sua principal característica no nome. Linda, confortável e, para variar, de frente para o mar. Comporta 4 pessoas. Na boa? Clica no link e dá uma olhada nas fotos. Garanto que cê vai ficar tentado/a. 🙂

 

AirBnB na Praia do Aventureiro

Na Praia do Aventureiro, se você prefere não acampar ou não tem barraca, o Chalé Praia do Aventureiro é opção certa. Com varanda, cozinha equipada e aquela tão sonhada vista. Aqui os anfitriões também são muito elogiados.

 

Campings em Ilha Grande (Praia do Aventureiro e Parnaioca)

opções de campings tanto na Vila do Abraão, quanto nos vilarejos menores. Mas “a grande sensação” em Ilha Grande é ficar em Aventureiro ou na Praia de Parnaioca. Por isso vou deixar o convite a você de algo que queremos muito fazer um dia, acampar em uma dessas duas praias.

Praia do Aventureiro

Para acessar a Praia do Aventureiro é necessária uma autorização, pois o acesso é limitado a 560 pessoas por dia. Essa autorização você consegue indo pessoalmente em Angra dos Reis. Saiba mais aqui.

Todos os campings de Aventureiro possuem estrutura simples, do jeito que a gente precisa, afinal, aqui a pegada é outra. Desses, os mais buscados são: Camping Menino da Canoa, Camping do Valdomiro, Camping da Larissa e Camping do Luís.

 

Praia de Parnaioca

Uma das praias mais isoladas de Ilha Grande. Quando estive nela foi paixão a primeira vista. Em Parnaioca, os campings disponíveis são o Camping da Janete e o Camping Marta Parnaioca, sendo a proposta de isolamento nela ainda maior, pois não há energia elétrica e o sinal de celular é quase inexistente.

 

Quando Ir a Ilha Grande

O período de maior incidência de chuvas é justamente no pico do verão, de dezembro a março, que é também alta temporada. Justamente por esse motivo, ficar mais tempo em Ilha Grande é o ideal, para que, com sorte, você aproveite mais dias ensolarados. Ainda assim, eu diria que Ilha Grande é boa pedida o ano todo, pois nos meses de inverno as temperaturas são amenas e o astro rei domina.

Agora, a melhor época para ir a Ilha Grande, para mim, é a baixa temporada (preços mais amigáveis, qualidade na estadia e locais desertos). Para quem busca pegar dias mais quentes, talvez seja uma boa escolher entre os meses de abril, setembro e outubro.

 

O Que Fazer em Ilha Grande – Trilhas ou Passeios de Barco?

Ilha Grande, é grande mesmo. Logo as possibilidades são bastantes diversas, por exemplo:

  • trilha + cachoeira + praia;
  • trilha + mirantes + ruínas + manguezal + praias;
  • trilha + museu (antigo presídio) + capela + piscinas naturais + o que não pode faltar, praias.
     

Vale ressaltar que esses trekkings são, em sua maioria, de nível médio e difícil, tomando praticamente o dia todo. Mas calma…volta aqui! Para otimizar seu tempo sem deixar de curtir bastante, a boa é fazer passeios de barco. Nós fizemos a Volta a Ilha com a Nativos Turismo Ilha Grande e tivemos um dia que deixou imenso gosto de quero mais. 

Nosso roteiro passou por:

  • Praia do Caxadaço;
  • Praia de Parnaioca;
  • Praia do Aventureiro;
  • Praia dos Meros;
  • Almoço na Praia de Maguariqueçaba;
  • Pôr do sol na Lagoa Azul;
  • Baleia bônus – apareceu linda e plena, para fechar com chave de ouro.

 

Um dia que ficou marcado. O passeio foi perfeito do início ao fim.

 

Quantos Dias Ficar em Ilha Grande?

Para uma primeira ida, 4 dias seria considerado um tempo “bom” (se não chover). Agora se você é trilheiro(a), ou pode ficar mais tempo, fique, pois as possibilidades para “O que fazer em Ilha Grande” não têm fim.

 

O Que Fazer em Ilha Grande: Principais Passeios

Ha Ha!

As possibilidades são tantas que me vejo com a difícil tarefa de escolher a melhor forma de contar pra vocês, mas vamos lá. Começando por quem tem pouco tempo para estar na Ilha e precisa otimizar.

 

Roteiro de 3, 4 ou 5 Dias de Viagem

A melhor forma de você aproveitar uma maior oferta de atrativos diferentes é fazendo os passeios de barco. Há diversas rotas e roteiros, alguns incluem a visitação a cachoeiras. 

 

O Que Fazer em Ilha Grande: Roteiro 3 Dias

Dia 1

Chegando cedo é possível conhecer a Praia da Vila do Abraão (se optar por se hospedar no vilarejo), a Praia do Canto, Praia da Júlia, Praia da Bica, Praia da Crena e Praia do Abraãozinho. Para chegar em todas elas, basta seguir pela orla da Vila do Abraão, para o lado direito. Caso você não queira caminhar muito, pode pegar um taxi boat.

 

Dia 2

Opção 1 | Passeio Volta a Ilha (Parte Sul)

Leva o dia inteiro. O passeio de Volta a Ilha, feito na parte Sul de Ilha Grande, passa por mar aberto. Por conta disso não são todos os barqueiros que estão autorizados a transportar turistas, sendo necessário tanto experiência do marinheiro/barqueiro, quanto autorização da Capitania dos Portos (mar em boas condições de navegabilidade: maré, vento e ondulação). Esse foi o roteiro escolhido por nós, que para nossa sorte, deu super certo. Está detalhado mais abaixo.

 

Opção 2| Passeio Meia Volta na Ilha (Parte Norte)

Também leva o dia inteiro. Nesse roteiro, o barco passa pela belíssima Lagoa Azul, Lagoa Verde, Praia do Amor e Praia da Feiticeira. 

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros
Lagoa Verde – Foto: cariocasemfronteiras.com.br
Dia 3

Praia de Lopes Mendes, considerada a 7ª praia mais bonita do mundo na pesquisa anual promovida pelo site TripAdvisor. Chegar nela é relativamente fácil, basta você contratar um barqueiro ou fazer uma trilha.

 

O Que Fazer em Ilha Grande: Roteiro 4 Dias

Se você é do time que quer ficar mais tranquilo, a opção aqui é fazer um dos roteiros de barco que não foi feito na sugestão anterior. Porém, se sua busca é por um contato mais próximo com a natureza, incluir uma trilha no rolê cai muito bem.

Os mais de 100 quilômetros de trilhas de todos os níveis em Ilha Grande, levam a quase todas as praias e as rotas são demarcadas de T01 a T16. Como disse anteriormente, não deu tempo de fazer trekking, mas se a gente pudesse escolher 1 dia de trilhas e praia, essa provavelmente estaria no topo das possibilidades:

 

Dia 4

T01 (Praia de Lopes Mendes + Praia de Santo Antônio);

Supondo que você prefira optar por conhecer a Praia de Lopes Mendes em uma boa caminhada, este percurso tem aproximadamente 2km e é considerado fácil. Ele leva ao Mirante da Praia Preta, Mirante do Aqueduto, Poção (Cachoeira dos Escravos), Aqueduto, Ruínas do Lazareto e à Praia Preta. Querendo esticar mais um pouco, uma caminhada de 30 minutos a partir de Lopes Mendes, a Praia de Santo Antônio também é belíssima e menos frequentada.

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros
Lopes Mendes – Foto: cariocasemfronteiras.com.br

 

Curiosidade: Os nativos de Ilha Grande são chamados badjecos, caiçaras ou ilhéus. (fonte: Wikipedia).

 

O Que Fazer em Ilha Grande: Roteiro 5 Dias 

Dia 5

T14  (Abraão – Vila de Dois Rios);

Ruínas, história e um “sem fim” de belezas naturais, fazem da trilha T14 uma das favoritas de trilheiros. Além dos 4 dias sugeridos, vale incluir um trekking mais pesado.

A Trilha até a Praia de Dois Rios passa pelo famoso presídio de Ilha Grande – Museu do Cárcere. Além do Mirante da Curva da Morte, Piscina dos Soldados, Capela de Nossa Senhora do Bom Despacho, Praia e os dois rios que dão nome ao local. Mas atenção, a trilha tem aproximadamente 7 km, sendo considerada de nível difícil.

Obs: Também é possível conhecer o Museu Do Cárcere e a Praia de Dois Rios no passeio conhecido como Super Sul, sendo mais uma boa opção para quem tem pouco tempo ou prefere não fazer as trilhas.

  • Museu do Cárcere e Praia de Dois Rios – Fotos: cariocasemfronteiras.com.br

 

As únicas partes de ilha Grande onde não há trilhas são o Leste e Sul, onde existe a Reserva Biológica da Praia de Sul (RBPS)

 

O Que Fazer em Ilha Grande a Noite

Segundo a migue Dhebora, do Carioca Sem Fronteiras, as festinhas no Aquario Hostel e no  Espaço Ipaum Guaçu são as mais famosas de Ilha Grande, com direito a forró.

Nos dias que estivemos na ilha, também ficamos sabendo de um point-baladinha-cockteleria que estava inaugurando na Praia da Julia, chamado Julia Surtô. Como não somos mais tão jovens e teríamos que acordar cedo no dia seguinte acabamos não indo, mas a proposta parece ser bem bacana. Há ainda vários barzinhos pé na areia na orla e dentro da Vila do Abraão.

Quer mais dicas do que fazer em Ilha Grande, de forma aprofundada por quem é carioca da gema? Dá uma conferida nesse enorme guia dos nossos amigos do Carioca Sem Fronteiras.

 

Praias de Ilha Grande – Nossa Experiência

Ficamos apenas 3 dias em Ilha Grande – em quase 20 dias de Rio de Janeiro. Uma falha de planejamento, confesso. Nesse tempo aproveitamos apensas 1 dia inteiro e os outros 2, parcialmente. Nosso segundo dia foi no Passeio Volta A Ilha, que fizemos com o pessoal da Nativos Turismo Ilha Grande. Um dia que deu tudo tão certo que até hoje custo a acreditar (suspiros..rs)

O dia começou com um céu com absolutamente nenhuma nuvem. Essa era a previsão e ainda bem que se concretizou, pois dias antes, havia chovido um bocado. Saímos pontualmente as 9:30hs. Bruno, nosso piloto da lancha ia cortando o oceano – lembrando que essa parte é mar aberto – enquanto nos mostrava locais visitáveis, cujo acesso é mais remoto.

 

Praia de Caxadaço

Nossa primeira parada foi na Praia do Caxadaço. Simplesmente uma das visões mais deslumbrantes da vida.

 

Praia de Parnaioca

Extensa faixa de areia, quase deserta, que abraça esse imenso marzão lindo. Paixão a primeira vista. É nela que vamos nos hospedar quando viermos de barraca. Fiquei tão apaixonada que fiz Fábio andar por toda a extensão. Muita mata e um rio de água doce do lado direito, tudo que a gente precisa!

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros
Praia de Parnaioca

 

Praia do Aventureiro

Famosa pelo seu belíssimo e disputado “coqueiro deitado”, a Praia do Aventureiro também possui imensa faixa de areia (mais larga que a de Parnaioca). Nela você pode acampar nos chamados campings caiçaras, autorizados pela prefeitura de Angra dos Reis, ou ficar em hospedagem simples.
Essa praia é acessível de barco ou por trilha, sendo esta considerada de nível médio a difícil.

 

Praia dos Meros

Pequena, de água translúcida, é ideal para flutuação com snorkel, pois no canto direito há pedras que guardam peixes e vida marinha variada. De arraias a tartarugas.

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros

 

Almoço na Praia de Maguariqueçaba

Pausa para matar o que estava nos matando! É nesta praia de Ilha Grande que se localizam os restaurantes que recebem quem faz o passeio de volta a Ilha.

Nós almoçamos no Restaurante Peixe com Banana. A refeição estava bem gostosa. O bacana é que na Praia dos Meros fazemos o pedido, para em Maguariqueçaba já estar pronto para ser servido.

 

Pôr do Sol na Lagoa Azul

Confesso que estava curiosa para chegar nessa Lagoa que dizem ser muito bonita. De fato é mesmo, mas não chegamos a tempo de ver o tom azulado que dá o nome a ela. Ainda assim, assistimos um pôr do sol maravilhoso.

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros

 

Baleia Bônus

Essa baleia foi colocada lá propositalmente, certeza. Tudo seguia perfeito demais, o clima, o passeio, a vibração dos outros passageiros. Eu já estava satisfeita quando ela apareceu. Tá que foi bem rápido, quase não consegui registrar, mas pude ver e esse momento sim foi válido. Presente da existência.

 

Saiba:

Em ambos os passeios (Parte Norte ou Sul), a Nativos Turismo Ilha Grande oferece água mineral e cooler com gelo. Além de pausa para almoço;

Há ainda uma terceira opção, o passeio Ilhas Paradisíacas, que leva à Angra dos Reis. Mas para tão pouco tempo, coloque como prioridade Ilha Grande, você não vai se arrepender. 🙂

 

Contato Nativos Ilha Grande:

@nativos.ilhagrande | Nathália

 

Saiba: pouquíssimos barcos estão autorizados pela Capitania dos Portos a transportarem turistas a Aventureiro, pois o percurso é feito em mar aberto – ou seja, você precisa de um profissional qualificado.

 

Onde Comer Em Ilha Grande

Apesar de ser aparentemente pequena, a Vila do Abraão tem uma oferta gastronômica muito boa, composta majoritariamente por frutos do mar (amo!). Não deu tempo da gente experimentar muita coisa, mas os locais que passamos nos deixaram satisfeitos, que foram:

  • Restaurante Lua e Mar;
  • Pizzaria Fornilha
  • Restaurante Armação dos Anjos
  • Padaria Pães e Cia

 

Nessa pequena lista o destaque vai para o Peixe com Banana do Restaurante da Pousada Armação dos Anjos (precinho camarada) e o jantar no Restaurante Lua e Mar, que mesmo servido em meia porção, sobrou. Este segundo não é barato, mas é pé na areia e perfeito para quem procura uma noite especial.

 

Programas baratos em Ilha Grande

Todas as praias que seguem à direita da Vila do Abraão são acessíveis a pé (Praia do Canto, Praia da Júlia, Praia da Bica, Praia da Crena e Praia do Abraãozinho), assim como a grande variedade de trilhas.

Mas atenção: Ao se aventurar em trilhas de nível moderado/difícil esteja equipado. Já sabe né? Tênis apropriado ou botas de trilha, roupas que protejam o corpo contra galhos e insetos; água, lanches etc.

 

Turismo Consciente

  • Leve embora seu lixo;
  • Leve com você canudo reutilizável, pois evita a acumulação de plástico nos oceanos;
  • Por falar em plástico, evite. Ou se puder, reutilize.

 Covid-19 e Retomada do Turismo Responsável em Ilha Grande

No momento que estou escrevendo essa parte da publicação, 08/01/2021, uma luz no fim do túnel surgiu, com a eficácia das vacinas sendo determinadas, em especial, a do Instituto Butantã. Muito provavelmente, em breve, esse assunto não será mais tão grave (digam todos amém)!

De qualquer jeito, Ilha Grande é repleta de mata, vento e ar livre. Opções para uma maior segurança não faltam, sendo inclusive recomendado o aluguel de AirBnB por conta dessa maior possibilidade de isolamento.

Os nativos e donos de comércio local também estavam se cuidando. A grande maioria usava máscaras em locais fechados e havia álcool em gel à disposição.

 


Considerações Finais

Acho que não tenho mais palavras para qualificar esse lugar. Ilha Grande nos encantou de um jeito que a próxima oportunidade será para passar, pelo menos, 7 dias (#oremos).  Toda a rusticidade, os nativos super solícitos, o mundo verde que nos cerca. Gente, é coisa linda demais!

o-que-fazer-ilha-grande-vila-do-abraao-rj-praia-lopes-mendes-aventureiro-covid-sp-onde-fica-hospedagem-quantos-dias-mapa-angra-dos-reis-melhor-epoca-pousada-meros

 

Vá, e sinta a areia massagear os pés e a água salgada te encher de energia.
Perca-se entre nativos e gringos;
A simplicidade e o luxo de um jantar a luz de velas, calçada em chinelo;
Canse o corpo, relaxe a mente;
Invista seu dinheiro em memórias.

VivaLeve!

 

O Leve Sem Destino preza pela transparência com seus leitores. O passeio com a Nativos Ilha Grande ocorreu em forma de parceria, mas garanto que o relato é imparcial e pode ser reforçado pelos relatos dos viajantes pelo TripAdvisor e redes sociais.


O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *