Cabo Frio – O Que Fazer, Onde Ficar, Lista de Praias. Saiba tudo!

Cabo Frio: das águas geladas, belas paisagens e receptividade. Estruturada, acessível e atraente por natureza – e que natureza! Mais um destino que frequentamos por anos e onde voltar sempre é uma possibilidade. Saiba o que fazer em Cabo Frio nessa publicação detalhada.

Aqui você vai encontrar – O que fazer em Cabo Frio, as melhores praias, onde comer, melhor época e dicas especiais!


cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

O que você encontrará nesse artigo:


Onde Fica Cabo Frio

A maior cidade da Região dos Lagos está a cerca de 150 quilômetros do estado do Rio de Janeiro, sendo muito bem estruturada com hotéis, pousadas, restaurantes e uma ampla oferta do que a gente ama: praias

Cabo Frio é acessível, sendo possível uma viagem sem carro, com valores super em conta. É ainda vizinha às cidades de Arraial do Cabo e Búzios

Além de Arraial do Cabo e Búzios, fazem parte da Região dos Lagos as cidades de São Pedro da Aldeia, Araruama, Saquarema e Iguaba Grande.

 

Como Chegar em Cabo Frio

O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Cabo Frio, que recebe vôos vindos de São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, entre outros estados. Porém, nem sempre os valores cobrados nas passagens são vantajosos, sendo mais interessante chegar por um dos aeroportos do Rio de Janeiro e, de lá, alugar um carro, seguir de ônibus ou transfer.

cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

 

Como Chegar Em Cabo Frio de Carro

Do Rio de Janeiro a Cabo Frio, em dias de fluxo normal, a viagem leva cerca de 2:30 horas. Partindo do Rio de Janeiro, o trajeto mais fácil é atravessando a Ponte Rio – Niterói, seguir pela BR 101 e depois a Via Lagos (RJ-124). Mas atenção, nesta segunda parte do percurso há cobrança de pedágio que, para veículos de passeio, varia de R$ 11 durante a semana, e R$ 18,30 em finais de semana e feriados.

Apesar dos custos com pedágio, alugar um carro no aeroporto é uma opção vantajosa, pois garante uma maior liberdade para se deslocar entre as cidades pertencentes à Região dos Lagos e, também, entre praias mais distantes (mas se para você não é interessante o investimento em veículo, saiba que em Cabo Frio há Uber e pela proximidade das praias o valor da corrida é super em conta).

Dicas: Em finais de semana e feriados prolongados, o trânsito para a Região dos Lagos é bastante intenso, fazendo o tempo de percurso da viagem dobrar ou triplicar. Logo, se você puder, evite fortemente viajar nesses períodos, especialmente Ano Novo e Carnaval.

 

Estacionamentos:

Viajando em baixa temporada suas chances de fugir da cobrança em estacionamentos pagos são maiores. Agora, em alta, já conte com mais esse custo (se houver serviço de vigilância, menos mal).

Pretende alugar um carro para conhecer Arraial do Cabo, Cabo Frio e demais regiões litorâneas? Aqui você pode fazer sua reserva online e parcelar no cartão de crédito em até 12 vezes.

 

Como Chegar Em Cabo Frio De Ônibus

A companhia que faz o trecho Rio –  Cabo Frio, ou São Paulo – Cabo Frio é a Auto Viação 1001 . Saindo do Rio de Janeiro, ele parte da Rodoviária Novo Rio e o valor da passagem varia entre R$ 50 e R$ 72* (Fev/2021).

cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

 

Dicas

  • O Aeroporto Santos Dumont (SDU) é o mais próximo ao Terminal Rodoviário Novo Rio, distante apenas 6 quilômetros. E 11 quilômetros, se partindo do Galeão – Linha Vermelha.
    .
  • Nossa ida a Cabo Frio aconteceu em Novembro de 2020, quando devido ao Covid-19, a retomada gradual das atividades turísticas estavam acontecendo.
    .
  • Quando estivemos na cidades, não havia barreira sanitária para acessá-la, apenas para Arraial do Cabo. De qualquer forma, é bom se informar sobre a necessidade de comprovação de hospedagem antes da viagem.

Como Chegar em Cabo Frio De Transfer

Você pode contratar um translado que parte dos aeroportos do Rio de Janeiro e dos hotéis localizados na Zona Sul.

 

Onde se Hospedar em Cabo Frio

Hospedagem em Cabo Frio não tem segredo e nem dificuldade. Com características de cidade grande, a variedade de pousadas, hotéis e casas para aluguel agrada diferentes perfis: do viajante mochileiro à família. Abaixo, algumas opções.

 

Praia do Forte

A Pousada Valle Verde, em Cabo Frio, está localizada a cerca de 600 metros da Praia do Forte, 300m da Feira de Artesanato, estando bem perto do Museu do Surf. Essa pousada dispõe de WiFi e café da manhã. Todos os quartos contam com ar-condicionado e TV com canais a cabo. Banheiros privativos com banheira ou chuveiro, além de comodidades extras como roupa de cama e ventilador. Estacionamento com manobrista disponível e gratuito.

 

A Pousada Cambucá de Cabo Frio conta com ótima localização, a apenas 100 metros da Praia do Forte, em uma área central próxima a lojas, restaurantes, supermercados e farmácias.  A pousada possui piscina, churrasqueira, buffet de café da manhã e café da tarde. Acesso à internet Wi-Fi, quartos com ar-condicionado, TV LCD, frigobar e telefone. Todos são para não-fumantes e incluem um banheiro privativo. A Pousada Cambucá de Cabo Frio fica a 2 quilômetros da estação rodoviária da cidade. Oferece ainda estacionamento privativo gratuito.

 

Bairro do Peró

Localizada a apenas 50 metros da Praia do Peró, estando bem próxima também à Praia das Conchas, a Pousada SUN Victory oferece quartos com guarda-roupa, TV e frigobar. Wi-fi e banheiro privativo com amenidades de banho gratuitas. Oferece ainda Buffet de café da manhã, restaurante disponível para almoço e jantar;  dois lounges, área kids e bicicletas gratuitas. Essa pousada possui quartos com acessibilidade para cadeirantes e é Pet Friendly.

 

A Pousada Encantos do Peró possui quartos com Wi-Fi gratuito, ar-condicionado, TV de tela plana e frigobar. Além de piscina, estacionamento e café da manhã. Conta ainda com quartos acessíveis para cadeirantes. Essa pousada fica a 700 m da Praia do Peró e 2 quilômetros da Praia das Conchas.

 

Bairro da Passagem

Com vista panorâmica para o Canal de Cabo Frio, estando bem próximo ao Bairro da Passagem, o Hotel Recanto da Passagem oferece acomodações com TV de tela plana a cabo, ar-condicionado, frigobar, Wi-Fi, telefone, varanda e banheiro privativo. Conta ainda com espaços acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida, café da manhã variado e piscina. O hotel fica a 10 minutos a pé da Praia do Forte e a 500 metros do centro de Cabo Frio. Nele, a hospedagem pode ainda ser parcelada em até 6x sem juros.

 

Já o  Hotel Paradiso del Sol conta com restaurante, piscina ao ar livre, sauna, academia e bar. Serviço de quarto e Wi-Fi gratuito em todas as áreas. Os quartos possuem ar-condicionado, TV de tela plana a cabo, chaleira, chuveiro, secador de cabelo e guarda-roupa. Todos os quartos incluem banheiro privativo com produtos de banho de cortesia.

O Hotel Paradiso del Sol, oferece café da manhã continental ou em buffet. Sua localização no Bairro da Passagem é excelente, estando a apenas 100 metros da Igreja de São Benedito.

 

  • Observação: Todos os hotéis listados acima dispõem de recepção 24 horas.
  • Todas as pousadas receberam pontos positivos nos protocolos de higienização para contenção do Covid-19.

Quer ficar bem isolado(a)? Então dá uma olhada nessas opções: Foguete Style, Apto Temporada Cabo Frio, Cobertura em Cabo Frio, Casas Aconchegantes Temporada, Temporada no Paraíso – Slim, Flat excelente Localização.

 

Quando Ir a Cabo Frio (Melhor Época?)

Cabo Frio, assim como as vizinhas Arraial do Cabo e Búzios, é boa pedida em qualquer estação do ano. Nela, o que pega são os meses de férias e feriados, pois aí sim sua viagem pode sair prejudicada devido a superlotação.

O clima em Cabo Frio é muito semelhante ao de Ilha Grande, sendo maior o índice de chuvas no verão, especialmente entre novembro e março. Mas, para nossa sorte, chove bem menos por aqui, se comparado à Ilha Grande.

 

Os meses de abril, maio, setembro e outubro são excelentes para curtir calor sem sofrer com lugares lotados ou escassez de luz/água (que podem vir a acontecer em alta temporada).

 

Dicas:

  • Caso você não possa viajar em baixa temporada, reserve hospedagem com bastante antecedência, em local bem centralizado, para diminuir a necessidade de veículo;
  • Também é maior a oferta de hospedagem em Cabo Frio. Caso os preços estejam elevados nesse período (alta temporada), considere se hospedar em São Pedro da Aldeia que está a 10 quilômetros de Cabo Frio.

 

O Que Fazer em Cabo Frio

A cidade de Cabo Frio é relativamente pequena e seus atrativos localizam-se próximos uns dos outros, logo, um roteiro por aqui não é nada complicado. Já em Arraial do Cabo sua “grande missão” será decidir entre um dia de praia, passeio de barco ou mergulho. 

 

Praias de Cabo Frio

Praia do Forte

Provavelmente a praia mais acessível de Cabo Frio, sendo também a principal. São 7,5 quilômetros de extensão. Do lado esquerdo está o Forte de São Mateus; já do direito, a Praia das Dunas compartilha a mesma orla.

 

Apesar de ser praia urbana, as águas estão quase sempre muito calmas e cristalinas. Com larga extensão da faixa de areia, calçadão e ampla oferta de quiosques, a Praia do Forte está entre as preferidas dos viajantes.

Como chegar à Praia do Forte: Localizada no Centro de Cabo Frio, a melhor opção para acessar a Praia do Forte é a pé, de Uber, ou veículo – neste caso, há cobrança de estacionamento. O Terminal Rodoviário de Cabo Frio fica a menos de 2 quilômetros da Praia do Forte. 

 

Dicas:

  • Por ser acessível, aos finais de semana e feriados, a Praia do Forte fica bem cheia, então chegue cedo ou vá em baixa temporada;
  • A presença de ambulantes também é constante nessa praia;
  • O lado esquerdo, próximo ao Forte São Mateus, é onde o mar fica mais calmo, formando uma gostosa piscina natural
  • Na Praia do Forte ou das Dunas, não deixe de experimentar a Empada Praiana. É super tradicional, gostosa, bem macia.

Praia das Dunas

Vizinha à Praia do Forte, pelo lado direito de quem olha para o mar. A Praia das Dunas segue o mesmo padrão de areia fina, branquinha e mar caribenho; a diferença está na formação de dunas existentes nesse lado. Outro diferencial é o mar agitado, com ondas um pouco mais fortes, sendo necessário mais cautela ao se banhar por aqui.

 

Por toda a extensão da Praia das Dunas costuma haver bandeiras vermelhas, sinalizando as correntes de retorno, que são canais formados por ondas que chegam e precisam voltar. A grosso modo, esse fenômeno natural forma “buracos” invisíveis a olho nu e a tendência é que banhistas sejam levados até eles, então, muito cuidado. Fique longe de onde estão as bandeiras vermelhas, independente da praia.

A Praia das Dunas é procurada por praticantes de surf, mas nem sempre o mar está agitado. Essa condição varia de acordo com horário da maré alta e do clima – mar de ressaca. Nela, a presença de quiosques é menor. 

Como chegar à Praia Das Dunas: Caminhando pelo calçadão, pelo Centro da Praia do Forte ou pelo bairro Braga. Foi perto desta praia que ficamos hospedados. 

 

Praia do Foguete

Vizinha à Praia das Dunas. A Praia do Foguete é mais profunda, com maiores correntezas e menos frequentada. Essa sim, ideal para praticantes de surf e para quem gosta de local mais vazio.

 

Como chegar  à Praia do Foguete: localizada no quilômetro 4 da estrada que liga Cabo Frio e Arraial do Cabo.

Observação: Na Praia do Foguete não há quiosques, então leve seu guarda-sol, cadeiras e cooler.

 

Praia das Conchas

Uma das praias mais bonitas de Cabo Frio que, além de bem estruturada, oferece a possibilidade de trilhas para uma perfeita vista. A Praia das Conchas é vizinha à Praia do Peró – separadas pelo morro – e seus 600 metros formam o desenho de uma (advinha?) concha.

A Praia das Conchas localiza-se entre dois morros e segue o mesmo padrão das praias de Cabo Frio: areia branquinha e mar azul. A vantagem nela é que, além de ser menos famosa – e movimentada – que a Praia do Forte; conta, quase sempre, com mar calmo. Uma excelente pedida para famílias com crianças.

A Praia das Conchas possui duas trilhas, uma em cada morro. Sendo a mais curta, o percurso para a Ponta do Arpoador, que fica a direita de quem olha para o mar e leva cerca de 15 minutos.

Como chegar  à Praia das Conchas: A Praia das Conchas fica localizada no bairro do Peró, a uns 7 quilômetros do centro. Para chegar até ela a estrada é pela Avenida Júlia Kubitschek  Ponte Feliciano Sodré virar à direita. Logo após, seguir pela Rua dos Biquínis e virar à esquerda na Avenida Marlim. Então, pegue a Avenida dos Pescadores, também à esquerda. Por fim, seguir à direita na Rua Cação.

Por estar dentro de uma reserva, o estacionamento funciona como taxa ambiental.

Ficou curioso(a) para saber mais sobre a Praia das Conchas? Dá uma conferida nesse post do Blog Carioca Sem Fronteiras.

 

Dicas:
  •  Você pode aproveitar um dia inteiro para curtir a Ilha do Japonês, Praia das Conchas e Praia do Peró de uma vez e assim economizar no estacionamento, pois são atrativos próximos. Ou optar por dois dos listados e aproveitar com calma.
  • Valor do estacionamento: R$ 25 (jan/2021);
  • A Praia das Conchas e a Praia do Peró são as mais bem estruturadas de Cabo Frio, pois possuem quiosques com banheiro e duchas para tirar o sal do corpo. Confesso que essa estrutura ~ básica ~ é inexistente em outras praias, especialmente as de Arraial do Cabo.
  • Por conta de uma verdadeira tempestade que chegou junto conosco à Praia das Conchas, não tivemos tempo de curtir nada. Mas há relatos no TripAdvisor que recomendam algumas barracas com preços interessantes. Então você já sabe, pesquise.
  • Na alta temporada, chegue cedo.

 

Praia do Peró

Mais uma praia que conta com boa estrutura beira-mar. Familiar, enorme faixa de areia, ideal para quem quer ver o tempo passar com qualidade.

Com 7 quilômetros de extensão, a Praia do Peró está em uma região de casas de veraneio, com algumas opções de hotéis e pousadas, mas sem perder a rusticidade, sendo inclusive, uma das mais bem preservadas da Região dos Lagos. Esta praia é composta ainda por dunas e vegetação de restinga. Através dela você pode acessar a Praia das Conchas sem grande dificuldade, por um caminho de areia.

 

cobrança de estacionamento – mesmo dentro da cidade. Para estacionar e poder curtir tranquilo, há parquímetro. Para não se encrencar faça o pagamento logo após estacionar. Valor: R$ 10 (nov/2020). Você também pode ir de Uber ou ônibus.

Acessibilidade: Há uma rampa de acesso para cadeirantes e pessoas de mobilidade reduzida.

Como chegar à Praia do Peró: Situada a 7 quilômetros do Centro de Cabo Frio, o percurso é bem parecido ao da Praia das Conchas, com a diferença que, ao final, você deverá Virar à esquerda na Av. Drasio Solon Ribeiro. Placas sinalizam o caminho e o Waze também chega.

 

Dicas:

  • Vá com tempo para curtir bem. Caminhe até a Praia das Conchas, suba o morro. Não fizemos esse “rolê” por conta da ameaça de chuvas, mas com certeza vale a pena;
  • O estacionamento na Praia do Peró é mais em conta do que o cobrado para a Praia das Conchas, então podendo escolher, estacione no Peró e caminhe até a primeira praia.

Praia Brava

Praia selvagem, menos frequentada, com ondas fortes, brava mesmo..rs. Mas com muita natureza. A Praia Brava de Cabo Frio não tem estrutura nenhuma e é onde praticantes de surf e nudismo gostam de estar.

 

Como chegar à Praia Brava: Primeiro de tudo, não confunda a Praia Brava de Cabo Frio com a de Arraial do Cabo ou ainda, a de Búzios (sim, são 3 com o mesmo nome). Pois bem, a Praia Brava de Cabo Frio fica bem próxima à Ilha do Japonês e o acesso é por uma trilha que parte da ilha e leva cerva de 15 minutos de caminhada. Mas atenção, a trilha que leva até Praia Brava não é bem sinalizada (apesar de ser considerada fácil), então não vá sozinho(a). Esteja, preferencialmente, com guia ou nativo.

 

Dica: Apesar de ser frequentada por praticantes de nudismo, você não precisa praticar, mas é bom não ir até a área específica para esse fim, que é ao final da praia.

 

Essas são as principais praias de Cabo Frio. Mas há também as menos buscadas, como: a Praia de Unamar, Praia do Siqueira (ideal para assistir ao pôr do Sol) e a Praia de Aquarius.

 

Ilha do Japonês

Se você já leu o post sobre Arraial do Cabo, sabe que eu e minha família frequentamos a Região dos Lagos por praticamente 10 anos. Uma década e eu nem sabia da existência dessa ilha. Descobri há pouco mais de 1 ano através de publicações no Instagram e olha, gostei muito. Mas vale algumas ressalvas.

A Ilha do Japonês está dentro de uma reserva, uma área de preservação, a mesma que leva à Praia das Conchas – ou seja, o valor do estacionamento é R$ 25* (caso você opte por ir em veículo próprio).  A ilha é pequena, logo aos finais de semana e feriados lota bastante. Há outro porém, que é o fato de não haver banheiros químicos e locais apropriados para o descarte de lixo.

Trata-se de uma croa – banco de areia – natural e localiza-se bem próximo ao Bairro da Passagem. A Ilha do Japonês é banhada pela Lagoa de Araruama. Fora do período de chuvas suas águas são realmente cristalinas. Nela, a boa é praticar Stand Up Paddle/caiaque e curtir horas de banho e calmaria.

cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos
Foto de Drone por Viajando na Janela

 

Como chegar à Ilha do Japonês:

Há duas formas de chegar à Ilha do Japonês, que são, por barco taxi – que sai do Bairro da Passagem; ou em veículo próprio, onde o estacionamento é o mesmo que leva a Praia das Conchas. Dizem ainda que na maré baixa é possível ir caminhando. 

Ao chegar na reserva, você deverá fazer uma travessia de cerca de 200 metros. É possível ir com barqueiros que cobram R$ 5, ou andando.

Mas atenção: siris e caranguejos são habitantes naturais na região, e são muitos. Logo, olhe bem onde pisa. (rs).

Dica: Coloque Ilha do Japonês e Praia das Conchas no mesmo dia. Mas chegue cedo.

 

Considerações Importantes Sobre as Praias de Cabo Frio e A Ilha do Japonês

  • Na Ilha do Japonês não há quiosques, mas sim, pequenos comerciantes, sendo ideal que você leve seu cooler e canga. Tem bastante sombra.
  • Em boa parte dessas praias é possível pagar pela consumação sem ter que incluir os custos do aluguel de cadeiras e guarda-sol. Para isso a estratégia é simples: pesquise. Caminhe pela orla e vá “orçando” valores. Não se acomode na primeira barraca, especialmente as mais centralizadas, pois o custo do aluguel é sim, maior. 
  • Cuidado com águas-vivas. Elas podem surgir em períodos específicos, geralmente quando as águas estão em temperaturas mais baixas. Sua queimadura arde.

 

Ilha dos Papagaios

Localizada em frente ao Forte de São Mateus, essa Ilha é buscada por praticantes de mergulho. Visitantes da ilha saem em busca da água transparente, muitos corais e vida marinha. Também há possibilidade de conhecer a Ilha dos Papagaios através do passeio de barco.

 

Forte São Mateus

Erguido para proteger a costa brasileira dos navios estrangeiros, o Forte São Mateus abriga história, cultura e uma das vistas mais privilegiadas de Cabo Frio. Construído com pedra, argamassa, óleo de baleia e cal, é uma das obras históricas mais interessantes da região.

Como chegar ao Forte São Mateus: O Forte está localizado ao final da Praia do Forte. Em tempos “normais” – antes da pandemia – abria diariamente em horário comercial, de 8h às 18h. Porém, até o momento (fev/21), segue fechado. A visitação é gratuita.

Curiosidade: Não só o forte, mas as igrejas históricas da cidade vizinha São Pedro da Aldeia foram levantadas com o mesmo material do forte – o óleo de baleia se fez presente nas primeiras construções.

Quer saber mais sobre o Forte de São Mateus? Nesse post do Blog Chicas Lokas na estrada tem muito mais. Vale a pena o confere. 🙂

 

Bairro da Passagem

Mais uma pequena surpresa que muito visitante de Cabo Frio sequer imagina que exista. O Bairro da Passagem é esse cantinho histórico charmoso que fica a poucos metros da Orla da Praia do Forte.

O Bairro da Passagem fica à margem direita do Canal de Itajuru e é um dos mais antigos da região, tendo mais de 400 anos. Suas ruas de pedra, casinhas coloridas e construções coloniais nos levam de volta a um passado distante.

cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

 

O Bairro da Passagem foi batizado assim por ter sido utilizado para travessia nos tempos de Brasil Colônia. “O local é anterior à fundação da Vila de Nossa Senhora da Assunção de Cabo Frio. É o berço do que seria a cidade de Cabo Frio. Ali surgiram as primeiras habitações e feitorias. Prédios tombados pelo patrimônio histórico, como a Igreja de São Benedito, estão por toda parte”. Fonte

O Bairro da Passagem também é repleto de restaurantes, bares e pousadas. Música ao vivo e vida boêmia terminam de compor as noites gostosas desse bairro histórico que muito lembra Pirenópolis, Tiradentes, Paraty, só que em versão reduzida.

 

Hospedagem e História

Esse bairro é uma boa pedida como opção de hospedagem, por estar muito próximo à Praia do Forte. Por lá, é possível fazer fotografias no Beco do Príncipe, visitar a Igreja de São Benedito e se encantar com a pracinha ao redor, conhecer a Ilha do Japonês de Barco Taxi, explorar o bairro e suas construções, e o melhor: apreciar a oferta gastronômica local.

Curiosidade: Construída em 1701, a Capela de São Benedito nasceu para abrigar os escravos negros, pois a eles não era permitido frequentar a mesma igreja que os brancos. Dessa forma, nada mais digno do que colocar no altar mor um santo negro, São Benedito. Fonte

 

Como chegar ao Bairro da Passagem:

Se seu local de partida for a Praia do ForteSiga para a direção leste da Av. Hilton Massa. Logo após, vire à direita na R. Elpídio Barbosa dos Santos e então, vire à esquerda na Av. Alm. Barroso. Partindo do Centro há 3 caminhos diferentes. Vá pelo Waze que te indicará a melhor opção, dependendo das condições do trânsito.

 

Rua dos Biquínis

Point para compras de roupas de banho bonitas e de boa qualidade. O Shopping Gamboa é onde oficialmente está a Rua dos Biquínis e dispõe de mais de 150 lojas especializadas em moda praia, onde os valores são de “Ok” a elevado. Vale a pena dar uma conferida.

Como chegar à Rua dos Biquínis: Esse shopping a céu aberto fica logo após a Ponte Feliciano Sodré. Há cobrança de estacionamento – parquímetro – pagamento pelo período. Aceita só moedas e cartões de débito/crédito.

 

Morro da Guia

Uma vista de 360° da cidade de Cabo Frio, com destaque para o Canal do Itajuru. Ideal para quem quer curtir um belo pôr do sol. A capela do Morro da Guia é tombada pelo IPHAN. Seu acesso é pelo Largo Santo Antônio por uma escadaria.

 

O Que Fazer em Cabo Frio: Principais Passeios

Praias

Principal motivo de tantos viajantes dispostos a conhecer Cabo Frio. Como dito anteriormente, a cidade é acessível e ainda tem as vizinhas Arraial do Cabo e Búzios para fechar o pacote de férias incríveis. Mas quer um conselho? Não se limite a elas. São Pedro da Aldeia guarda belas surpresas, assim como as demais cidades pertencentes a Região dos Lagos. Se você puder, inclua mais algumas cidades no roteiro.

 

Vida Noturna

“Tá tendo”. Cabo Frio é sinônimo de badalação. Nela, dificilmente você irá encontrar locais que só abrem aos finais de semana e na alta temporada, o que é bem comum em cidades menores.

 

História

Está por todos os lugares, especialmente nas construções mais antigas, como a Igreja Matriz Nossa Senhora da Assumpção de Cabo Frio, no Forte de São Mateus, na Capela de São Benedito, no Bairro da Passagem, etc.

 

Hospedagem

Muitos viajantes optam por estabelecer a hospedagem fixa em Cabo Frio e, dela seguir para as praias de Arraial, búzios e demais cidades.

 

Mirantes

Em sua grande maioria, acessíveis. Cabo Frio tem diversos pontos belíssimos. Abaixo alguns deles:

  • Morro do Arpoador – bem próximo à Praia do Forte;
  • Forte São Mateus;
  • Morro da Guia;
  • Morro do Vigia – entre a Praia das Conchas e a praia do Peró;
  • Ponta do Arpoador – o segundo morro da Praia das Conchas, lado direito;

Você conhece algum mirante imperdível em Cabo Frio? Deixe aí nos comentários sua sugestão. 

 

Trilhas

Não há muitas – ou, se há, ainda não fomos informados..rs 🙂 Mas as citadas abaixo são excelentes pedidas:

  1. Trilhas para o Morro do Vigia e Ponta do Arpoador – Praia das Conchas;
  2. Trilha para o Parque Boca da Barra – Passa pela Ilha do Japonês, Fenda das Pedras, Farolete da Lajinha, Praia Brava, Praia da Gruta, Mirante do Chapéu e praia do Chapéu.

Observação: a Trilha para o Parque Boca da Barra tem um total de 9 quilômetros, com alguns locais de difícil acesso. É extremamente recomendável que você não vá sozinho(a). Esteja com condutor experiente (guia). Saiba mais aqui.

 

O Que Fazer em Cabo Frio a Noite

Feira de Artesanato – Praça da Cidadania

Uma das melhores feirinhas que já fui na vida! Sério, nela a gente encontra diversos produtos a preços bacanas e uma praça de alimentação que é o terror para quem está de dieta! hehehehe..

Gente, é impossível resistir ao self-service de cachorro quente, ao churros com as 80 variedades de sabores, ao pastel gigante, às cocadas de diversos sabores, aos crepes a moda antiga (aqueles que lembram pirulito, sabe?). Olha, vou confessar que me esbaldei rs.

 

Gente, eu cansei de vir aqui naqueles tempos que meu pai tinha uma casa em São Pedro da Aldeia. Pouco ou nada mudou, a fartura ainda reina..rs. Quanta memória deliciosa (literalmente).

Ah..tem artesanato também. Cada coisa linda a preços muito bons. Dessa feira você sai, nem que seja, com um produto de R$ 10.

 

Praça das Águas

Localizada em frente à Praia do Forte. Uma praça grande com pista de skate, uma piscina artificial e chafariz.

Observação: Infelizmente está abandonada pelos órgãos competentes. Vamos torcer para que algum dia essa praça volte a ser cuidada.

 

Bairro da Passagem

Fica até repetitivo eu dizer que você deve colocar esse bairro em uma noite de Cabo Frio, né?

 

Quantos Dias Ficar em Cabo Frio?

Separe pelo menos 2 dias inteiros para uma primeira ida a Cabo Frio. Assim você consegue conhecer, por exemplo, a Praia das Conchas + Ilha do Japonês no primeiro dia; Praia do Forte + Entardecer no Bairro da Passagem no segundo.

  • Caso você esteja disposto a conhecer as vizinhas Arraial do Cabo e Búzios, separe pelo menos 7 dias.
  • Leve em consideração também a possibilidade de chuvas.

 

Roteiro de 3, 4 ou 5 Dias de Viagem

O Que Fazer em Cabo Frio em 3 Dias

Dia 1cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

Praia do Forte + Forte São Mateus + Bairro da Passagem: Para mim, a Praia do Forte continua sendo um must go no seu roteiro pelas praias de Cabo Frio. Ela é linda, com ondas mais tranquilas, se comparadas às vizinhas Dunas/Foguete e é próxima ao Forte.

Já o Bairro da Passagem é esse cantinho histórico/romântico/encantador/boêmio.

Essa seria a provável opção que eu faria em 1 dia em Cabo Frio.

Ou

Praia das Dunas: Aquilo que falei, se você vai em alta temporada, não gosta de badalação ou ainda prefere garantir o distanciamento social em tempos que a gente não tem certeza sobre como será o controle do Covid-19, a Praia das Dunas (ou do Foguete) é boa escapatória. Além de dona desse visual maravilhoso.

Dia 2

Ilha do Japonês + Praia das Conchas: Vá a Ilha do Japonês em meio de semana e baixa temporada e tenha esse paraíso praticamente exclusivo. Se atente a tábua de marés para pegar as piscinas formadas na maré baixa, o que facilita no momento da travessia, caso você opte por ir a pé mesmo.

Já a Praia das Conchas pode ser aproveitada no período da tarde. Não deixe de subir, pelo menos, um dos morros, heim?

Dia 3

Praia do Peró + Pôr do Sol no Morro da Guia: Destaque quando o tema é preservação. Vale a pena passar um dia inteirinho nela e fechar o dia com chave de ouro no Morro da Guia.

 

O Que Fazer em  Cabo Frio em 4 Dias 

Dia 4

Bate e volta em Arraial do Cabo ou Búzios: Você já sabe que Arraial do Cabo é onde a gente encontra a maior concentração de praias paradisíacas de toda a Região dos Lagos, certo? Pois bem, Búzios também é destino dos sonhos para muito viajantes de todos os lugares do mundo. Bela, preservada e com aquele toque de rústico chic que ninguém resiste.

Eu estive lá há anos e infelizmente dessa vez não deu tempo de dar um pulinho, mas o casal do Viagens Cinematográficas tem tudo que você precisa nesse post. Dá uma conferida pois garanto que você vai precisar de uns 15 dias para conhecer tanto lugar paradisíaco.

cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

 

Dicas: O roteiro pode ser ajustado de acordo com os dias que você estará em Cabo Frio. Praias muito procuradas e de fácil acesso – Praia do Forte e Ilha do Japonês – lotam mais aos feriados e finais de semana.  

O Que Fazer em Cabo Frio em 5 Dias

Dia 5

Bate e volta até São Pedro da Aldeia:cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos Imagina você sair de Cabo Frio para passar o dia nesse lugar muito menos badalado?! Trocar o mar por uma laguna (mas não qualquer laguna). Trata-se da maior massa de água hipersalina do mundo.

Distante aproximadamente 13 quilômetros de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia também é parte de uma rica história com construções da época do Brasil Colônia. Na cidade, a Lagoa de Araruama reina, sendo a praia de São Pedro da Aldeia.

E aqui, você encontra quase tudo o que há em Cabo Frio: quiosques, atividades ao ar livre para crianças e adultos – stand up, pedalinho, caiaque, cerveja gelada, petiscos gostosos e água salgada. O diferencial é que não tem mar, mas a temperatura da lagoa é ó, um brinco!

Um lago hipersalino é um corpo de água fechado que contém concentrações altas de cloreto de sódio ou outros sais, com níveis salinos que ultrapassam os da água do mar. (fonte)

 Ah..e pôr do sol f*d4 pr4 c4r4lh#, é em qualquer pedaço da orla de São Pedro da Aldeia.

  • Praias de São Pedro da Aldeia: Praia do Sudoeste, Praia do Sol, Praia da Pitória, Serra de Sapiatiba, Praia Iguaba Grande;
  • Pontos Interessantes em São Pedro: Paróquia de São Pedro, Casa da Flor, Museu da Aviação Naval.

 

Curiosidade: Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Araruama foram grandes produtores de sal na Região dos Lagos, onde a extração representava 70% de todo o sal que era consumido no país. Sendo na época, destaque, não só em suas belezas naturais, mas importante para a economia do Rio de Janeiro. Hoje, o sal já não tem grande destaque na economia da região, ainda que salineiras e moinhos sejam facilmente avistados.

 

Onde Comer Em Cabo Frio

  • Mané Paixão Bar e Restaurante – Bairro da Passagem;
  • Feira de Cabo Frio;
  • De Sempre Gastrobar – Bairro da Passagem;
  • Quiosque Cantinho Da Tia Maria – Praia do Forte.

 

Perceba que nossa dieta foi Fit. Parece álcool, açúcares e carboidratos; mas é suco, massa sem glúten, salada. Dizem também que alimentação colorida, #pode 

 

Por que conhecer Cabo Frio? – Nossa Experiência

Porque ela também faz parte do nosso chamado Caribe Brasileiro. Por ser excelente ponto estratégico para se hospedar e conhecer as demais cidades da Região dos Lagos. Porque atrai turistas de todos os perfis, gostos e bolsos.

Provavelmente já listei motivos suficientes para te convencer nessa publicação – com mais de 5 mil palavras..rs – mas eu acho que nunca tá bom de verdade, sabe? De lá, tenho excelentes e inapagáveis memórias. Te convido a construir algo semelhante. <3

  

Programas baratos em Cabo Frio

Programas acessíveis a pé, carro, ônibus, Uber: Praia do Forte, Praia das Dunas, Praia do Foguete, Feira de Cabo Frio, Bairro da Passagem, Praia do Peró, Praia das Conchas (caminhando a partir do Bairro do Peró).

 

Turismo Consciente

  • Leve embora seu lixo;
  • Leve com você canudo reutilizável, pois evita a acumulo de plástico nos oceanos;
  • Por falar em plástico, evite. Ou se puder, reutilize.

 

 Covid-19 e Retomada do Turismo Responsável em Cabo Frio

No momento que estou escrevendo essa publicação, fev/2021, parte da população brasileira está sendo vacinada (#amém). Nós não sabemos ainda como serão os próximos meses. 

De qualquer jeito, Cabo Frio é repleta de mata, vento e ar livre. Opções para uma maior segurança não faltam. Cuide-se e cuide de quem você ama, siga os protocolos ou espere a vacina.

 

Considerações Finais

Cabo Frio, onde memórias são temperadas. Sal na medida certa, doses generosas de vitamina D, muita história para ser contada – e vivida. Onde até a presença de nuvens deixa o cenário imponente. Cabo Frio é tão atraente que “competia” o título de melhor Réveillon do Rio de Janeiro. E advinha com quem? Copacabana. Fraca, ela não é.

cabo-frio-o-que-fazer-praias-quando-ir-praia-onde-ficar-ferias-hospedagem-rio-de-janeiro-forte-dunas-bairro-passagem-conchas-pero-ilha-japones-foguete-regiao-dos-lagos

 

Desses destinos que a gente volta 10 vezes (ou mais). Até breve!

#VivaLeve


O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *