Parque Nacional do Iguaçu – Saiba Tudo!

Sobre a sensação de ser uma formiguinha. É muita imensidão! Uma quantidade absurda de beleza natural! Mais um visual registrado na memória que lá vai ficar até o último dos meus dias. No Parque Nacional do Iguaçu, conhecemos as Cataratas do Iguaçu, Patrimônio Natural da Humanidade e uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo. Foi esse o destino escolhido por mim e meus três amigos de jornada. E é ele que vou apresentar para vocês, agora.

parque nacional do iguacu - foz do iguacu - parana - cataratas do iguacu (15)

 

Visitar as Cataratas pelo lado brasileiro é ter um dia agradável em todos os aspectos. O Parque Nacional do Iguaçu oferece toda uma estrutura para atender bem o turista. Mas bem mesmo! Há diversos ônibus que partem da entrada do Parque, a todo momento. Sinalização da trilha e acessibilidade para pessoas de mais idade ou mobilidade reduzida. É pra todo mundo, especialmente pra você que tá aí, vendo a vida passar. Nenhuma imagem é capaz de ser fiel a beleza e imponência disso aqui. Vem pra Foz, você não vai se arrepender!

 


Enquanto estivemos em Foz do Iguaçu, ficamos hospedados no Concept Design Hostel. Um espaço descolado e ideal para todo tipo de viajante. Se você procura uma hospedagem com bom custo-benefício, dê uma olhada em nosso review!



Visitada por mais de 1 MILHÃO de turistas todos os anos, as Cataratas do Iguaçu são aquele destino dos sonhos da grande maioria dos brasileiros (e arrisco dizer, da população mundial). 
São 275 saltos por onde corre uma quantidade absurda (e por mim, incalculável) de água por segundo. Uma das mais belas vistas que já tive. Aquela face do país que a gente quer que se estenda ao restante, pois é tudo super bem preservado e acessível.

 

Parque Nacional do Iguaçu – Como chegar (saindo da cidade de Foz)

Ônibus: De acordo com a Gê Azevedo do Blog Mineiros Na Estrada,  a linha 120 (Parque Nacional)  é a que sai do Terminal de Transportes Urbano – TTU e leva até o último ponto, a alguns metros da bilheteria. Se você vai no modo econômico, saiba mais detalhadinho no link acima.

Uber: Sim, a Uber passou a operar normalmente em Foz há alguns meses. Nós usamos bastante, inclusive para chegarmos aqui. Pagamos R$ 34,35 (lembrando que éramos 4, o que tornava a opção bastante vantajosa).  

Agência: Você poderá contratar uma agência para fazer o translado. Há diversas na cidade.

Aluguel de Veículo: A última opção seria o carro alugado. Se você prefere se sentir independente para circular por Foz, não deixe de fazer sua cotação pelo nosso link de afiliado do RentCars, dessa forma você ajuda o blog a se manter e não paga nada a mais por isso. Estacionamento: Caso você opte pela comodidade de ter um veículo disponível, saiba que o Parque dispõe de área para se estacionar, ao custo de R$ 22 (nov 2018).

 

 Só usávamos táxi quando tínhamos que atravessar a fronteira ou pegar voo muito cedo.

Dica: Há estacionamento gratuito em frente ao Parque das Aves. Caso este esteja cheio, você pode deixar seu carro ao lado onde o custo é inferior ao praticado no Parque Nacional do Iguaçu.

 

Centro de visitantes

É a partir daqui que seu passeio começa. Nesse espaço você encontra a bilheteria, lojinha, centro de informações turísticas, caixa eletrônico 24 horas e lanchonete. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente ou no local. Se for alta temporada, recomendamos a primeira opção. Quando fomos, o ingresso estava na faixa de  R$38,00 (adultos) e R$ 10,00 crianças e idosos.

parque nacional do iguacu - foz do iguacu - parana - cataratas do iguacu (15)
Imagem por Viajando Na Janela

 

Os ônibus do Parque Nacional do Iguaçu são super modernos. Panorâmicos (Double Deck), possuem capacidade para 72 pessoas sentadas. O valor desse transporte já está incluso no ingresso. Fora eles, apenas veículos de excursões, devidamente autorizados e monitorados com chip, podem circular pela estrada do parque.

 No Parque Nacional a questão da preservação é super levada a sério. Dentro dessas limitações do mesmo, a velocidade máxima não pode ultrapassar 40km/h. Cada veículo de outras empresas que entra o espaço recebe um chip para monitoramento de velocidade.

Os veículos são equipados com sistema que leva a informação para estrangeiros. 

 

As paradas dos ônibus são, respectivamente: Trilha do Poço Preto, Macuco Safari e Trilha das Bananeiras, Trilha das Cataratas e, por último, o Restaurante Espaço Porto Canoas.

 

Trilha das Cataratas

Do centro de visitantes até esta parada, que é onde estão as protagonistas de todo o atrativo, são 10 km.

A trilha tem 1,2km de extensão. É ampla/espaçosa e conta com diversos mirantes pelo caminho. Você saberá que chegou, ao poder enxergar de dentro do ônibus as primeiras magníficas quedas! A partir daqui, o difícil é conseguir se controlar para não parar a cada 2 passos, pois a vista é sempre magnética demais para se seguir adiante. 

Mirante da Garganta do Diabo: Já no final do trajeto feito a pé, você irá se deparar com a cereja do bolo. Sendo que este “fruto” mede até 80 metros…rs. Não vou detalhar demais essa parte porque cada um merece sentir a particularidade do momento. É especial, tenha certeza!

 

Dica: prepare-se para um belo banho! Caso você carregue objetos eletrônicos é melhor não chegar a este pedaço levando os mesmos. A força dessas quedas leva muitas gotas e, dependendo do volume d´água e da direção dos ventos, você sai encharcado(a).

Há ainda um elevador na lateral do Parque que te proporciona um ângulo diferenciado das quedas. Vale a pena explorar tudo! Se for o caso, compre uma capinha a prova d’água para o telefone.

 

Macuco Safari

Radical e emocionante! Este é um dos atrativos que podem ser feitos dentro do Parque. Nesse dia tive a oportunidade de fazer e amei completamente. Uma aula sobre o bioma, trilha suspensa pela mata local e um belo banho de Catarata! Sério, não tem como não ser algo marcante na sua passagem por Foz! Vou detalhar melhor essa experiência no próximo post, aguarde!

parque nacional do iguacu - foz do iguacu - parana - cataratas do iguacu (7)

 

Cataratas Brasileiras X Argentinas

As duas. Não tem nem como ser diferente. O Parque Nacional do Iguaçu te proporciona aquele contato mais intimista. Você fica pertinho de gigantescas quedas e pode se sentir abraçado(a) por elas. Já as Cataratas del Iguazú, no país vizinho, são maiores em tamanho e comprimento. O próprio Parque Nacional hermano é imenso, mas as estruturas deles não são tão preparadas quanto as do nosso lado. A vista da Garganta do Diabo é possível em ambos os lados, de diferentes posições. Cada contato é único, e sempre, extremamente agradável.

 

Roteiro

A melhor forma de você conhecer as Cataratas do Iguaçu, com um roteiro otimizado é fazendo em um único dia: Parque das Aves e Cataratas (com possibilidade de ainda curtir o Macuco Safari). Foi assim que fizemos o nosso e deu super certo! Já as Cataratas do lado argentino necessitam de um dia inteiro para serem bem exploradas. Em breve disponibilizo o roteiro completão para vocês, ok? 6 dias em Foz, para ninguém reclamar que faltou coisa.

Obs: Se você vai a região de Foz em épocas de alta temporada ou feriados e ainda pretende fazer Macuco Safari, tente chegar cedo. É um atrativo que atrai turistas do mundo todo.

 

Quatis

Uns pestinhas! Estão por todas as partes. São fofos e peludinhos, mas cuidado. Eles roubam comidas e tudo o que consigam carregar. Também há o perigo de mordidas se o animal se sentir ameaçado.

parque nacional do iguacu - foz do iguacu - parana - cataratas do iguacu - quatis

 

O Parque nacional do Iguaçu

O Parque nacional do Iguaçu, criado em 1939, abriga o maior remanescente de floresta Atlântica da região sul do Brasil. O Parque protege uma riquíssima biodiversidade, constituída por espécies representativas da fauna e flora brasileiras. Essa expressiva variabilidade biológica somada à paisagem singular de rara beleza cênica das Cataratas do Iguaçu, fizeram do Parque Nacional do Iguaçu a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, no ano de 1986. (fonte: Site oficial das Cataratas).

 

parque nacional do iguacu - foz do iguacu - parana - cataratas do iguacu (7)

 Br 469, KM 18 – Foz do Iguaçu PR

 Site | E-mail | Facebook | Instagram

 

 Funcionamento: diariamente, das 9 as 17 hrs.

 Melhor época para visitação: Para mim, qualquer uma fora de temporada. Nós fomos em novembro e a experiência não poderia ter sido melhor! O volume d’água estava elevado e abundante. No período de seca é menor.

 Dicas: Leve água e lanches. Dentro das instalações do parque os preços são elevados para quem está em esquema de viagem econômica.

 

Para saber mais, acesse o site do ICMBio.


É isso pessoal. Por hoje o que tenho é a gostosa lembrança desse dia. Você, muito provavelmente, vai ter a chance de se emocionar e sentir o que foi sentido por mim. Se eu pudesse definir aquilo tudo em uma frase, talvez a mais condizente seria: grande demais para caber nos próprios olhos! <3

#VivaLeve


leve sem destino

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

5 comentários em “Parque Nacional do Iguaçu – Saiba Tudo!

  • 16 de dezembro de 2018 em 15:46
    Permalink

    Tenho a maior curiosidade de conhecer as cataratas do lado argentino. E o macuco safari deve ser imperdível…quero fazer na próxima visita a Foz…eu fui quando tinha 18 kkkk hj tenho 35. Tenho que voltar.

    Resposta
  • 16 de dezembro de 2018 em 14:47
    Permalink

    Simplesmente demais esse destino né? Amei muito Foz e acho que as pessoas deveriam dar mais atenção pra lá. Vale muito a pena a viagem. Abs

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2018 em 19:46
    Permalink

    Ual, ótimas dicas! Quando visitamos as Cataratas gostamos mais do lado argentino mas o nosso brasileiro é super apaixonante também ❤😘

    Resposta
  • 11 de dezembro de 2018 em 21:13
    Permalink

    OOO lugar lindão! Confesso que não botava tanta fé nas Cataratas, mas, depois de ver aquele mundaréu de água de pertinho, percebi o porquê das Cataratas serem uma das 7 maravilhas naturais do mundo!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *