Roteiro para Carnaval na Chapada dos Veadeiros

Você que está batendo cabeça para montar um roteiro “só sucesso” de carnaval na Chapada dos Veadeiros, em uma das épocas mais badaladas do ano, seus problemas acabaram (ou não… ?). Acontece que esse período é visto por boa parte da população como época para festejar/ farrear/ se jogar na esbórnia. Já outra parcela prefere fugir disso tudo – só que essa parte não é pequena.

De qualquer forma, esse roteiro foi pensado como um todo, de um jeito que você consiga aproveitar as melhores atrações, passando assim o carnaval na Chapada dos Veadeiros.

Ele já foi testado e aprovado. Duas paulistas passaram 7 dias (e meio) no nosso quintal abençoado. Ambas deixaram até uma opinião no nosso Espaço do leitor.

Agora vamos ao que realmente interessa. Segue nossa sugestão para 7 dias de Carnaval na Chapada dos Veadeiros. Caso você tenha mais (ou menos) tempo do que isso e quiser uma forcinha extra, entre em contato conosco pelos comentários, assim fica mais fácil ajudar outros leitores ao mesmo tempo.


Nesse post você encontrará:

 

Obs: Roteiro montado pensando em quem está hospedado em Alto Paraíso.


 

Roteiro para Carnaval na Chapada dos Veadeiros

 

Sábado (de carnaval)

Manhã

Estrada pra Alto Paraíso*.

Somente dessa forma você chega lá. Seja de ônibus, seja de carro. 😉

via GIPHY

 

Caso você tenha chegado na noite anterior, acorde cedo e seja um dos primeiros a conhecer a Loquinhas.

 

Tarde

Anjos e Arcanjos – Nesse dia Veadeiros já está bombando, sendo essa opção menos conhecida, logo, onde se aproveita um pouco mais o momento. São duas belíssimas cachoeiras que, certamente, estarão bem menos cheias. Banho Super delicioso!

 

Domingo

Manhã

Mirante da Janela (capa do post) – Uma das vistas mais lindas de Veadeiros. Você vai amar! Mas se prepare, é trilha intensa/puxada!

 

Tarde

Águas Termais do Éden -Só amor. Tem também o Morro Vermelho, bem do ladinho. Ainda não conhecemos, não sei dizer qual o melhor. Vale a pena descansar nessas águas até o sol se por.roteiro para carnaval na chapada dos veadeiros - goias - aguas termais do éden

 

Segunda-Feira

Manhã

Almécegas I, II e São Bento

Dica: Esteja lá quando os portões se abrirem (rs). Sério, o acesso é muito fácil.

Comece pela Almécegas I, pois é a mais distante. Deixe a São Bento por último. Mas saiba: Talvez você sequer consiga uma pedrinha para sentar.

 

Tarde

Almoço no Rancho do Waldomiro;

Parada no Jardim de Maytrea, para contemplação da paisagem. (Caminho entre Alto Paraíso e São Jorge)

 

Terça-Feira

Manhã

Catarata dos Couros – Uma das minhas preferidas. Está entre as Top 5!

Obs: Nela há uma trilha onde você conhece vários poços. Não fique só no paredão.

Como haverá grande movimentação para chegar à Couros, a probabilidade de você se perder é pequena. Mas tenha em mãos um aplicativo que te mostre o caminho.

Já na cachoeira: explore. Não fique limitado(a) ao paredão da Couros. desça pela trilha (cole com alguém que saiba o caminho), ou, para garantir, contrate um guia.

 

Tarde

A Catarata dos Couros é um programa para o dia inteiro. Até porque só pra chegar são 30km de estrada de terra. Vá e delicie-se nesse mundo de águas.

Quarta-Feira

Manhã

Loquinhas ou Macaquinhos

Caso esteja ameaçando chover vá para Loquinhas. Mas, Macaquinhos também está entre as Top 5! hahaha… Trilha autoguiada.

 

Tarde

Se pegar macaquinhos pela manhã, passe o dia nela. É outro complexo de cachoeiras que vale desfrutar por inteiro.

Por outro lado, se optar pela Loquinhas durante o período matutino, você pode escolher entre:

Cordovil e Esmeraldas; ou Vale Dourado. (a 15ª da lista)

 

Obs: Até aqui, por serem os dias oficiais de carnaval, a Chapada vai estar mais cheia. Estes vão ser os dias de maior fluxo de gente, logo, serão os dias que você deverá chegar CEDO (8 da manhã ou até antes), a todos os programas que forem na parte de turno matutino.

Já que as meninas teriam uma semaninha fechada para passar o carnaval na Chapada dos Veadeiros, colocamos propositalmente a Santa Bárbara e o Parque Nacional para os dias posteriores aos dias oficiais do feriado (por questões óbvias, Chapada menos cheia)

 

Quinta-Feira

Manhã

Santa Bárbara

Nossa joia preciosa, em seu mais belo tom verde esmeralda. ?

roteiro para carnaval na chapada dos veadeiros - goias - cachoeira - santa barbara

 

A coisa mais linda do Cerrado!

Se a Chapada inteira vai estar movimentada, você pode ter certeza, 70% dos visitantes vão querer estar aqui em algum momento. Ainda que os dias oficiais da festividade tenham passado, chegue cedo! 

Para não perder se perder no atrativo, leia as principais dicas nesse post (cachoeira de número 33)

 

Tarde

Candarú

Esqueça o casamento Santa Bárbara – Capivara. Candarú é a nova sensação da Comunidade Kalunga do Engenho II. Essa cachoeira é um atentado à sanidade de qualquer ser vivente! Gigantesca, imponente, deslumbrante! Foi um caso de paixão fulminante na minha vida. ❤

As informações sobre ela você encontra nessa mesma lista. Cachoeira de número 35.

 

Sexta-Feira

Manhã

Parque Nacional: Cânion 2 e Carioquinhas (essa foi nossa sugestão, mas as meninas optaram por fazer também os Saltos 120 e 80 metros. Quanta disposição!)

 

Tarde

Vale da Lua

Cartão postal, né? Ideal pro pós carnaval na Chapada dos Veadeiros.

roteiro para carnaval na chapada dos veadeiros - goias - cachoeira - vale da lua

 

Sábado

Manhã

Feira do produtor rural

Com uma vibe bastante natureba, lá você encontra todo o tipo de alimentação orgânica, vegetariana e vegana. Ela acontece sempre as terças e sábados

 

Tarde

“say goodbye, never say goodbye …” (prepare-se para a depressão pós viagem de seu carnaval na Chapada dos Veadeiros, será inevitável!)

Estrada para Brasília

via GIPHY

 


Sugestões para noite – Locais para lanches/ Janta

 

Alto Paraíso

 

Pizzaria Vila Chamego;

Vendinha 1961

 

Vila de São Jorge

 

Risoteria Santo Cerrado

 

NÃO deixem de conhecer esse lugar! Não é barato, mas é um ambiente totalmente rústico, gostoso. Aceita cartões.

Obs: Recomendo que vocês reservem a quarta ou a sexta para esta Risoteria. Na seguinte condição:

 

Se quarta: Sair da Macaquinhos e/ou Loquinhas, descansar (caminhar por Alto, tomar banho) e seguir rumo a São Jorge. Não esquecer de Reservar! Recomendo chegar lá até as 19:30 e não demorar para fazer o pedido. (Quando a cidade fica muito lotada, os ingredientes acabam logo)

 

Se Sexta: Sair do Vale da lua e se dirigir a São Jorge. Aqui o convite é para assistir um dos pores do sol mais espetaculares de vocês já viram na vida! (se não chover..rsrs). Dica: Levem casaquinho. Eu levaria também uma roupa seca para trocar rapidinho, no banheiro mesmo.

 

Vocês curtem uns drinks?

Se sim: Caipirosca de Mangaba. Peçam sem medo de ser feliz! O de uva com manjericão também é maravilhoso!

 

Pizzaria Lua de São Jorge

Fomos há uns 3 anos. Na época era um local perfeito! Pizza da massa fina e crocante, com recheio super gostoso. Fogueira e música ao vivo. Não sei se continua tão bom, mas acredito que vale a pena arriscar.


Observações importantes

 

1-TODO o roteiro está condicionado ao clima da Chapada. Imaginando que não estará chovendo, ou que não chova na parte da manhã.

2– Catarata dos Couros e Macaquinhos ficam de lados opostos da estrada. Para ambas você precisa passar por estrada de chão batido. (30 km) + 20 de asfalto, para quem vem de Alto Paraíso. Para mim a pior estrada é a de acesso a Macaquinhos. Fomos na época de seca, em 2016. O banho ali é delicioso! Mas, para não passar perrengue, recomendo a leitura do post específico de macaquinhos. Aqui eu digo onde o carro deverá ficar estacionado.

3- Levem dinheiro em espécie, pois está muito complicado conseguir sacar por lá. Em Alto Paraíso quase não há agências. Da última vez quase nos enrolamos. Tivemos que pegar emprestado.

4- Só aceitem guia de Cavalcante ou da Comunidade Kalunga que conheça o caminho da Candarú. Essa cachoeira é a coisa mais linda, mas muitos dos guias nem tocam no nome dela.

5- Vocês podem contratar o guia em Cavalcante (mais caro que na Comunidade, mas já te leva à Cachoeira, sem perigo de vocês se perderem), OU chegar na Comunidade Kalunga e contratar.

6- Preços dos guias: Saindo de Cavalcante (procurar no C.A.T). R$ 150 (Outubro de 2017). Podendo ser dividido por até 7 Pessoas.

Saindo da Comunidade Kalunga R$ 70 (aproximadamente), podendo ser dividido pelo mesmo tanto de gente acima. Pode ser que os preços venham sofrendo alterações. Pelo sim, pelo não, recomendo seu Emiliano, de Cavalcante.

7- Paga-se além do guia o valor das cachoeiras:

Santa Bárbara R$ 20

Candarú R$ 10

 

Almoço na Comunidade: Comida Caseira: R$ 30 para comer a vontade. Como vocês vão passar praticamente o dia todo aqui, sugiro que optem pela refeição. Há o PF também, por R$25.

Na volta, paradinha no Mirante. Nesse vídeo ele aparece.


 

O que levar na mochila 
Para a cachoeira

Roupas de banho (sugestão – 3 biquinis)

Canga

Óculos de sol

1 toalha

Protetor solar rosto/corpo

Protetor para os lábios

Repelente

Boné/ Chapéu

Pelo menos 4 conjuntos de peças confortáveis para fazer trilhas mais puxadas (sugestão: calça legging ou Bermuda de academia.) + camiseta tecido leve + tênis ou bota.

1 mochila para carregar objetos de trilhas (lanches, toalha, água) e equipamentos tecnológicos.

Sugestão: 2 mochilas tamanho pequeno/médio (1 para cada membro)

Equipamentos: Celular e Câmera

Regra para ser feliz na Chapada: Menos é mais.

Sugestão de mala feminina (pois o roteiro foi montado para duas paulistas) . Meninos apenas façam os ajustes.

Para a pousada

Hidratante corporal

Ítens de higiene pessoal Chinelos

Meias

Roupas íntimas

1 pijama quente (cj moletom)

2 shorts jeans (ou qualquer outro, que seja confortável) + 2 camisetas leves.

1 casaquinho – para frio menos intenso, que pode vir no final da tarde.

Sacolas para guardar roupa suja.

 

Para a noite

Dinheiro em espécie (Faz me rir)

Roupas para Jantar (consultar clima provável. Mas o ideal, a princípio, seria: 1 calça jeans, 3 blusas e 1 casaco coringa mais grossinho)

Sapatinho baixo e confortável, para os rolés nas cidades de São Jorge e Alto Paraíso.

Make básico para as fotíneas da night. (BB Cream, lápis de olho e batom resolvem) Ítem opcional.

Atenção: Evitar roupas claras 🙂


Lista de Compras para lanches nas cachoeiras

Pães de forma

Bisnaguinhas de leite

Requeijão ou Manteiga

Queijo/Presunto

Papel laminado

Barra de cereal

Gatorade

 

Dica final para toda e qualquer cachoeira que você quiser conhecer entre o sábado de carnaval e a terça-feira: Chegue muito cedo. Sério, essa é uma das épocas em que a região mais bomba! Pois muita gente também pensa em passar o carnaval na Chapada dos Veadeiros.

Alguns pontos com capacidade limitada de visitantes por dia: que eu me recorde agora, as cachoeiras do Parque Nacional e Santa Bárbara (300 pessoas). Acredito que todas as privadas tenham certa limitação. Mas o problema maior não é esse, e sim o tempo de espera nas filas e a indisponibilidade de um bom lugar para permanência e repouso. 

 


leve sem destino

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

5 comentários em “Roteiro para Carnaval na Chapada dos Veadeiros

  • 10 de dezembro de 2018 em 00:58
    Permalink

    Monica boa noite! Estou indo no período do carnaval para a Chapada (é a segunda vez que estou indo para a região), chego no aeroporto de Brasilia as 23:00hs do dia 28/02 e ja sigo direto, pego estrada na madrugada, para aproveitar o dia 01/03 todo e retorno na madrugada de sabado para domingo de 09 para 10/03. Pois meu voo é cedo.
    Estou montando meu roteiro começando por São João D´Aliança, pensando em dar uma passado na Cachoeira do Label e partir para a dos Couros, No dia 2 – Macaquinhos. Aí gostaria de fazer Bocaina do Farias, mas preciso de dicas se é melhor o acesso por São João D’Aliança ou Alto paraíso. No terceiro dia vou caso consiga fazer Bocaina do Farias sigo a noite do 3º dia para Alto Paraíso ou Cavalcante, estou em devido o movimento. Pois em Cavalcante quero fazer Rei do Prata, Santa Barbara e Candaru e se possível Fazenda Veredas (ainda estou pesquisando rs e preocupada se consigo fazer tudo. Então preciso que me ajude a decidir se faço alto Paraíso antes de Cavalcante ou depois, e apos sigo para São Jorge onde alem das cachoeira pretendo fazer o mirante da Janela e se der tempo a travessia da Cachoeira das 7 quedas. Então consegue me ajudar. E talvez falar se deixo de ir em algum lugar e dar prioridade a outro.
    Desde já te agradeço! E espero que possa me ajudar!

    Resposta
    • 10 de dezembro de 2018 em 23:33
      Permalink

      Olá Leticia!

      Primeiramente, meus parabéns você foi devidamente capturada pelos encantos da chapada…rsrs
      Antes de qualquer coisa: é impossível fazer tudo em tão pouco tempo.
      Para podermos lhe ajudar em seu roteiro precisamos de algumas informações suas:
      1) Você já reservou ou pensa em reservar hospedagem em São João D’Aliança? Porque sendo cidade pequena, provavelmente, você não conseguirá quarto chegando de madrugada. E fica totalmente inviável você ficar me Alto Paraíso e voltar para conhecer a Label.
      2) “…pensando em dar uma passado na Cachoeira do Label e partir para a dos Couros..” – Você diz, fazer as 2 no mesmo dia? Porque a menos que você esteja em uma 4×4 e com muita disposição, dá, mas fica bem cansativo pela distância (principalmente em estrada de terra) que você terá que percorrer. Para que você entenda bem: A Cachoeira do Label fica a 26 km de estrada de terra, de São João D’Aliança. E a Couros fica a 50 km de Alto Paraíso. E cada uma das duas merece um dia inteiro.
      3) Macaquinhos é outra que merece ser desfrutada por um dia inteiro.
      4) A única coisa que sabemos sobre Bocaina do Farias, é que fica em São João D’Aliança, devendo ser aproveitado, no início ou no final de sua viagem.
      5) Travessia das 7 quedas só é feita na época de seca.
      6) Dê uma lida no post 38 cachoeiras da Chapada dos Veadeiros, lá tem especificações sobre as 7 quedas e algumas outras que você pretende fazer.
      7) Todos os atrativos que você quer fazer em Cavalcante, tomam muitas horas de seu dia. Peço que você pesquise mais.
      8) Seu roteiro está bem confuso, as cachoeiras não são tão próximas das cidades quanto você está imaginando. E nem as cidades são tão próximas umas das outras.
      9) A Chapada dos Veadeiros é conhecida pela sua energia mística. É um lugar que merece ser contemplado além das cachoeiras. Reserve momentos para sentir o lugar, e ver as belezas de cada cidade. Tentando fazer tudo isso, você não curte devidamente nem as cachoeiras, nem o restante da região e sai extremamente cansada.
      10) Se você puder, faça suas reservas pelos links do blog, tanto para o aluguel de carro, quanto para hospedagem ou pelo post Onde ficar na Chapada dos Veadeiros. São eles que nos ajudam a manter o site no ar.

      Esperamos tê-la ajudado e se dúvidas persistirem, entre em contato conosco aqui pelos comentários. 😉

      Abraços,
      Mônica

      Resposta
    • 11 de dezembro de 2018 em 00:20
      Permalink

      Obrigada por responder Mônica!
      Segue mais ou menos o roteiro que eu tinha em mente. A travessia vi logo depois que mandei a mensagem que não daria para fazer e agora vou tirar a Label do trajeto por enquanto. Então segue mais ou menos o roteiro:
      01/03 – Couros (saindo de Lá pensei em seguir a direção de macaquinhos e ficar no camping lá, para adiantar o passeio do dia seguinte)
      02/03 – Macaquinhos (saio de Lá e sigo para Cavalcante direto).
      03/03 – Santa Bárbara e Candaru (estarei hospedada em Cavalcante)
      04/03 – Rei do Prata ( volto para dormi em Cavalcante)
      05/03 – Sair de Cavalcante as 06:00 e ir direto para fazer Cachoeira Anjos e Arcanjos de manhã e Louquinhas e Cachoeira dos Cristãs se der a tarde.
      Ficarei hospedada em São Jorge.
      06/03 – Mirante da Janela e Águas Thermais do Eden
      07/03 – Almecegas + São Bento e Vale da Lua
      O8/03 – Parque Nacional
      09/03 – Pensado em fazer um cachoeira leve e descansar, pois sigo para Brasilia por volta de meia noite.

      Diga o que achou rs… Ou se continua muito fora da realidade kkkkk

      Resposta
      • 12 de dezembro de 2018 em 20:54
        Permalink

        Olá Leticia! Tudo bem?

        Esperamos que você esteja lembrando que a época de carnaval é uma das épocas mais lotadas da Chapada (se não for a mais lotada). Lembrando, novamente, que nós não recomendamos esse tanto de cachoeiras em tão pouco tempo rsrs. Mas vamos lá:

        01/03 – Achamos uma boa ideia você acampar na Macaquinhos. Mas lembre-se de levar tudo o que precisa, pois lá é longe de tudo. Tente não pegar as estradas de terra a noite.
        02/03 – Recomendamos que você acampe na comunidade Kalunga do dia 02 para o 03 (ou se hospede), já na boca da Santa Bárbara. Assim você será uma das primeiras a conhecer a cachoeira (esteja no CAT as 06 da manhã para não correr o risco de não conseguir entrar) e encurta o caminho para o Rei do Prata. Curta Macaquinhos cedo, pois lá é bem grande, é um complexo de cachoeiras. E tente não sair tarde de lá, pois você pegará 60km de estrada de terra e 90 de asfalto.
        05/03 – Anjos e Arcanjos é uma boa, mas Loquinhas e Cristais irão estar muito, muito, muito cheias, pois seus acessos são muito fáceis. Tente encaixar Cordovil e Esmeraldas, provavelmente estarão menos lotadas.
        06/03 – Da pra fazer, mas as termais também estarão cheias.
        07/03 – ok.
        08/03 – ok. Chegue até as 8h.
        09/03 – Descansar? Foi isso que eu ouvi? rsrsrs Tente Loquinhas e Cristais, talvez tenha ‘desinchado’ um pouco.

        Achamos que deu uma melhorada. Mas ainda assim o roteiro está muito cheio. Quem vai nos dizer se dá pra fazer ou não é você. Vai depender de seu preparo físico, de seu cansaço em alguns momentos e de sua força de vontade. rsrs

        Abraços,
        Fábio e Mônica

        Resposta
        • 12 de dezembro de 2018 em 22:48
          Permalink

          Boa noite Casal mara!
          Então vou seguir as dias de acampar na comunidade Calunga. E alterar o fazer Anjos e Arcanjos dia 09 e ficar pela região para ir embora mais tarde!
          Eu sei que o roteiro está puxado, mas vamos tentar rsrs
          Obrigado pelas dicas.
          Bjs

          Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *