Vendinha 1961 – O Melhor Pastel da Chapada dos Veadeiros

Olá você que chegou aqui em busca de mais uma boa indicação. Porque, né? Deixando um pouco a modéstia de lado, o casal que vos fala escreve já perdeu a conta de quantas vezes esteve em Veadeiros. Se você ainda não conhece nossa trajetória, convido-o(a) a conhecer nossa maior obra: uma compilação de quase 40 cachoeiras da ChapadaBem, agora vamos ao que interessa: Vendinha 1961, o que você vai encontrar nela?

Minha ideia é, na verdade, criar um post completinho de opções de onde comer em Alto Paraíso. Já existem dicas de bons estabelecimentos em São Jorge nesse post. O próximo vai ser mais específico, sobre a principal cidade de Veadeiros. 🙂

A Vendinha 1961 surgiu dos tradicionais estabelecimentos que fizeram parte da nossa infância. Muito provavelmente você, querido(a) leitor(a), guarda na memória os dias em que tinha que passar na “vendinha” para comprar algo que a mãe pedia. Ou, melhor ainda, passava no mesmo local para comprar doces e alimentar aquele “buchão cheio de lombriga”…rs. Nessa hora o sentimento saudosista toma conta, e eu lembro das incontáveis vezes que ia à Bodega. A mesma versão de loja, lá no Ceará (para quem não sabe, sou filha de cearenses). ❤️

ONDE FICAR NA CHAPADA DOS VEADEIROS?

Se você ainda não sabe onde se hospedar na Chapada dos veadeiros, clique aqui! Preparamos esse post pra acabar de vez com a sua dúvida entre Alto Paraíso,  São Jorge e Cavalcante.

 

Vendinha 1961 – O Espaço

Charmosamente projetada e decorada em arte que remete ao passado de garimpo, sertão e cultura quilombola, a Vendinha 1961 oferece um espaço de aconchego. Lâmpadas amarelas no teto e velas nas mesas proporcionam a sensação de calor e acolhimento. 

vendinha 1961 - restaurante - chapada dos veadeiros - alto paraiso - goias (7)

Vendinha 1961 – Cardápio

Na Vendinha 1961 são servidas: porções, sanduíches, drinks, cervejas bem geladas e, o melhor pastel da Chapada dos Veadeiros. Serve-se também, um buffet de caldos que inclui opções veganas. Durante o dia é oferecido almoço self-service com preço justo e boa variedade.

 

Sério, o carro chefe do estabelecimento é famoso desde quando o espaço foi aberto. Lembro que em dezembro de 2015, quando estivemos na Vendinha pela primeira vez, experimentamos o pastel e o achamos bem gostoso. Agora (novembro de 2018), optamos por jantar o mesmo pastel. Estava ainda melhor!

vendinha 1961 - restaurante - chapada dos veadeiros - alto paraiso - goias (7)

Vendinha 1961 – Música

Tem que ter, né? Música ao vivo de qualidade, geralmente por artistas locais. O que contribui para um ambiente bacana de barzinho.

Obs: Os dias de música ao vivo são alternados. Mas, acredito eu, que ocorram mais às sextas-Feiras, finais de semana e feriados.

QUE TAL FICAR MOTORIZADO NA CHAPADA DOS VEADEIROS?

Na região da Chapada, existem muitas cachoeiras distantes que vale muito a pena conhecer. Já pensou em conhecer a Santa Bárbara por conta própria? Então, compare aqui em mais de 100 locadoras e busque pelo melhor preço!

 

Vendinha 1961 – Localização

Muito bem localizada, a Vendinha encontra-se no Centro, na Avenida Principal. Para não errar de jeito nenhum: Rua do CAT (Centro de Atendimento ao Turista).

 

Nossa Experiência

Nossa relação com a Vendinha, a princípio, não foi das melhores. Na virada do ano de 2015/16 fomos conhecer o espaço. Como disse anteriormente, o pastel estava muito bom, mas o atendimento foi quase traumático…rs.

Vou explicar melhor; como estávamos nos últimos dias de 2015, muitos dos restaurantes de Alto sofriam com a enorme demanda gerada nesse período. Era tarde e vários locais já não serviam nada, pois as matérias primas simplesmente haviam se esgotado. É, “a comida acabou”…rs. A Vendinha era uma opção aberta, que até o momento, havia opções (pastéis), que podiam ser servidas. Essa foi a afirmação que um dos funcionários nos deu, mas outra colaboradora (que não estava num bom dia), resolveu dizer  exatamente o oposto.

O problema não foi nem a contradição das informações. Isso foi o de menos. O pior foi a forma como ela nos tratava. Chegamos a conversar com o dono, seu Tatu, que super se desculpou e disse que aquilo nunca mais aconteceria. De fato, não deve ter acontecido, pois o pessoal gosta muito de lá. Mas demorou um bom tempo – quase 2 anos, para que retornássemos. 

Fomos acompanhados da Julia, minha carangueja do Blog Fora da Toca. Ela, que é a “loka do pastel”, nos convenceu a voltarmos à Vendinha 1961. Foi uma das melhores experiências em 8 dias de Chapada (matar a fome é um negócio bom, né gente? rs).

 

Ponto Alto

Atendimento – fomos super bem atendidos, o tempo inteiro. João, um dos garçons, tirava todas as nossas dúvidas e sempre vinha com as melhores sugestões. Lembro que dividimos um sanduíche com abacaxi que estava muito bom. O suco de mangaba estava do jeito que a gente ama! Mas o melhor de tudo continua sendo o pastel de siri.

E mais: Saiba que o dono da Vendinha 1961 é o mesmo que administra a Cachoeira dos Cristais, ou seja, tem pastel saboroso lá também! Estivemos nela há pouco tempo e logo logo sai mais uma postagem tão bonita quanto aquelas águas.


Contato

  • Endereço: Avenida Ary Valadao Filho 787 | Ao lado do banco ItaúAlto Paraíso de Goiás
  • Telefone: 62 – 34461174
  • Outros: E-mail | Facebook | Instagram


É isso pessoal, segue mais uma excelente opção de onde almoçar/lanchar/jantar em Alto Paraíso. Se você tem alguma dúvida, use e abuse do espaço dos comentários.

#VivaLeve

vendinha 1961 - restaurante - chapada dos veadeiros - alto paraiso - goias (14)
Dezembro de 2015 – a primeira vez que estivemos na Vendinha.

leve sem destino

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

2 comentários em “Vendinha 1961 – O Melhor Pastel da Chapada dos Veadeiros

  • 15 de maio de 2019 em 08:44
    Permalink

    A pergunta não tem nada a ver com o post, mas qual câmera fotográfica vocês utilizam? Hahahaha…Tem alguma esportiva?

    Resposta
    • 20 de maio de 2019 em 22:39
      Permalink

      Olá Gabriela, tudo bem? As câmeras que utilizamos são: Canon EOS 6d com lentes 24-105mm; e estamos em transição de uma Gopro Hero 3+ para uma Xiaomi Mijia 4k! 😉

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *