Tuyn – O Restaurante [Review]

Chegada no Tuyn

Chegamos ao restaurante Tuyn e fomos recebidos pela gentil Dayane. Como chegamos pontualmente as 19:00 horas não havia ninguém no pequeno espaço, que tem capacidade para atender poucas pessoas – o que é uma das características positivas do local.

Nossa primeira impressão ao adentrarmos no Tuyn foi de um ambiente rústico, sofisticado e aconchegante.

Assim que nos acomodamos Robson, o garçom, nos trouxe uma água como cortesia da casa. Engraçado como uma atitude  simples, de algo de custo ínfimo pôde nos causar espanto, para o lado bom da palavra.

Bons Drinks

Pedimos sugestões de drinks e optamos pelas caipifrutas de maracujá e morango (para mim) e Lima da Pérsia para o Fábio. Gente, eu não sabia que morango e maracujá combinavam tanto! Meu drink estava di-vi-no!

Entrada

Para entrada, pedimos o Petisco de Peixinho: “cortes de filet de peixe branco (badejo) assados, saboreado com alho frito, capim santo, gengibre e shoyu. Servido com molho semi doce de shoyu indonesiano e geléia de pimentão vermelho” (Palavras do próprio Chef, Sandrijn).

filet de peixe branco -badejo - alho frito - capim santo - gengibre - shoyu - molho semi doce de shoyu indonesiano - geléia de pimentão vermelho - tuyn - restaurante - maragogi

Gente, o que é essa geléia de pimentão vermelho?! Eu, que passo longe de ter algum talento na cozinha, sempre imaginei que pimentões não passassem de ítens decorativos! rsrs. A geléia é caseira e também leva maçã no preparo. Maçã em receitas=vida! A geléia acabou rápido, pedimos mais e fomos prontamente atendidos.

Demoramos a pedir o prato principal pois o clima estava perfeito, degustávamos nossos drinks e levávamos uma prosa boa com Robson. Aquela noite, mais que sermos mimados, pudemos realmente nos sentir a vontade e relaxados. Robsom nos explicava o melhor que podia sobre as opções do cardápio, por vezes a conversa desviava para assuntos cotidianos, confesso que quase o convidamos para sentar com a gente e dividir aquele momento descontraído…rsrs, mas outros clientes também mereciam uma noite daquele nível!

Prato Principal

Como prato principal optamos pelo Risoto de Camarão com limão Siciliano. Esteticamente falando, estava impecável. ( que dó de desmanchar..rs). Com relação ao sabor, estava bem gostoso.

 

Sobremesa

De sobremesa pedimos o “Sonhando com a Dame Noir”, uma gordisse tentação composta de sorvete de chocolate, brownie de chocolate amargo e finalizado com calda de puro chocolate.

Sonhando com a Dame Noir - sorvete de chocolate - brownie - calda de chocolate - restaurante - tuyn - maragogi - alagoas

 

Terminamos essa verdadeira experiência gastronômica quando o estabelecimento estava prestes a fechar. Penso que o único ponto negativo aquela noite foi termos que deixar o local. Tudo estava muito perfeito e agradável, até um gatinho fofo da pousada apareceu com toda sua simpatia e interagiu conosco.

gato - restaurante - tuyn - maragogi - alagoas

 

Dicas:

1- Caso você não esteja hospedado na Pousada Praiagogi, que é onde o restaurante fica, faça reserva!

2- Leve dinheiro em espécie, o estabelecimento não aceita cartões, infelizmente.


sudeste asiatico, por onde comecar - tailandia - laos febre amarela - anvisa

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem | Chip 4G

Gif por Marco Martina


Fábio Brasil

Brasiliense, formado em Ciência da Computação e louco por tecnologia. Assim que começou a ganhar um pouco de dinheiro e comprou um carro, passou a viajar bastante com sua namorada e parceira de blog, Mônica Rodrigues. Degustador amador de vinhos, cervejas e bons drinks. Pronto para aproveitar o melhor que a vida tem a oferecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *