O que fazer em Chiang Rai – Tailândia

Crédito Imagem de capa: TripAdvisor

Olá pessoal! Já contamos pra vocês no post anterior que achamos péssima a ideia de que não vale a pena hospedar-se nessa cidade, já que sabemos que há muito o que fazer em Chiang Rai. Por isso, fizemos aqui uma lista para que você não faça como a maioria e curta bastante o local. Então vamos lá:

 

O que fazer em Chiang Rai?

 

1- Templos, claro! (e alguns museus). Afinal, você está na Tailândia. 

 

Black House – Baan Dam Museum

3 em 1: ele é a junção entre arte, museu e casa. O artista trabalha o tema “A escuridão na humanidade”. São obras de arte diferentes, com muitas máscaras pretas e vermelhas, peles, crânios e outras partes de animais. O local não tem significado religioso para o povo tailandês e a entrada é gratuita. (saiba mais aqui).

.

Scorpion Temple – Doi Wao & Wat Thamphajoen

O nosso roteiro “O que fazer em Chiang Rai” inclui também cidades próximas. Esse templo fica a 1:30h de ônibus da cidade. Está localizado no ponto mais ao norte da Tailândia (Mae Sai), fazendo fronteira com o Myanmar. Portanto você consegue uma vista incrível dos dois países. Para saber um pouco mais, clique aqui.

.

Monkey Temple

O templo fica localizado também na cidade de Mae Sai, como o Scorpion Temple. Tem esse nome por conta dos macacos que por lá vivem. E são muitos mesmo. No local você pode comprar amendoins (não industrializados) para alimentá-los. Nos arredores, existem algumas cavernas que valem a exploração. Convido vocês a verem as fotos publicadas pelos visitantes no TripAdvisor.

.

Templo Branco e Templo Azul

Esses dois são parada obrigatória. Veja em nosso post anterior mais detalhes.

.
2- Desacelere – Restaurantes e passeios ao ar livre.

 

Cat ‘n’ A Cup Cat Cafe

O local é recheado de gostosuras de todas as formas, cores e tamanhos. E você ainda pode degustar os cafés e sanduíches. 😀 Veja nosso review aqui.

.

A Fazenda da cerveja tailandesa Singha (Singha Park)

Ao contrário do que parece, é um programa bem familiar. Um bondinho te leva para um tour por várias plantações, como morango, chás e campos floridos. Nesta fazenda você tem contato inclusive com, pasmem, animais selvagens – girafas e zebras. Interessante né? Se soubéssemos deste lugar antes, certamente teríamos nos planejado para conhecer. Mas não houve ninguém para nos informar (snif)… Fica aqui então nossa dica. Vá, depois venha nos contar o que achou. 🙂  Saiba mais aqui.

.

Parques

Em Chiang Rai existem várias opções ao ar livre, o que inclui até cachoeiras. Um bom exemplo é a Nang Lae Nai Waterfall.

o que fazer em chiang rai - tailandia - Nang Lae Nai Waterfall
(Crédito da imagem: TripAdvisor)

.

Night Market

Nós fomos em 1 de pelo menos 3 mercados noturnos da cidade. Vale a pena pois é uma mistura de comida boa e barata, feira e música. Bom para comprar lembrancinhas.

.

Clock Tower

A torre dourada foi feita em homenagem ao rei. A estrutura serve como uma rotatória para o trânsito. Se você puder, visite-a durante a noite, mais especificamente nos horários de 19, 20 e 21h. Nesses horários acontece um tipo de show de luzes e música na própria torre.

o que fazer em chiang rai - tailandia - clock tower
(Crédito da imagem: TripAdvisor)

.

Triângulo Dourado

Ponto geográfico onde Laos, Myanmar e Tailândia se encontram. O local foi um dos grandes produtores de ópio do mundo. Hoje em dia, essas áreas de produção ilegal da droga foram recuperadas e servem para plantio de frutas, flores e legumes. No mesmo espaço, você encontra o “House Of Opium Museum“, onde pode conhecer um pouco mais sobre essa história. Há também como fazer um passeio pelo Rio Mekong, mas recomendo que você pesquise bem se vale a pena, pois alguns turistas curtiram bem, já outros pensam se tratar de uma grande furada. Saiba mais aqui.

.

Elephant Valley Thailand

É o primeiro santuário de elefantes resgatados da cidade. Lá os grandões têm a chance de viver uma existência mais natural possível, afinal de contas, são animais selvagens. E, ao contrário de vários locais na Tailândia, você não pode andar neles.

Confesso que não tínhamos conhecimento desse santuário até pesquisarmos bem sobre o que fazer em Chiang Rai. Menos conhecido que o Elephant Nature Park, mas com igual propósito, vem ganhando cada vez mais admiradores e já nos conquistou de vez! Muito bem avaliado no TripAdvisor, é um “must see” que infelizmente, perdemos. Mas já me vejo abraçando um grandalhão desses na nossa próxima visita ao Sudeste Asiático.

Para saber mais sobre este projeto tão lindo, que veio de outro já existente e idealizado pelos mesmos criadores no país vizinho, Camboja, entre no site deles. Fanpage: Elephant Valley ThailandE para saber sobre uma verdadeira, plena e intensa experiência com estes animais, acompanhe as próximas publicações desse casal que é lindo e que você respeita, porque eles entendem de turismo consciente. Eu tô falando do Viajando na Janela, que curtiu um dia inteirinho no Elephant Nature Park. 😀

.

Dicas: Quer saber quanto custa um dia inteiro de aventuras com esses grandes amigos? O Full Day no Santuário sai por 1800THB (menos de R$: 180). Há também a opção de “metade do dia”, voluntariado e pernoite (imagina!). No site, linkado acima, tem todas essas informações. 😉

.

O que NÃO fazer em Chiang Rai:

Como nem tudo são flores, segue uma pequena lista do que não recomendamos incluir em sua lista “O que fazer em Chiang Rai”.

.

Passeio em Elefantes (Salvo Santuário)

Não apenas em Chiang Rai, mas em todo território tailandês. Não é novidade para ninguém que os passeios (no lombo/montado) em elefantes é algo ainda bem comum e que precisa acabar de vez. O turismo exploratório é algo grave, mas muitos viajantes não se dão conta disso. O elefante é um animal bem grande, mas também, sensível. Aquelas cadeiras para turistas são super pesadas, carregadas na maioria das vezes sob um intenso calor.

Elefante fazendo malabarismos? Pintando quadros? Nada disso é natural e há uma dura e cruel realidade por trás. Não vou me aprofundar muito no tema, mas convido você, caro leitor, a tomar conhecimento do que acontece através dessas duas opiniões que expressam exatamente o que nós, do Leve Sem Destino pensamos: Os meninos do 360 Meridianos e a Patrícia do Bagagem de Memórias.

Infelizmente, este tipo de atividade ainda é muito comum no país e nos  vizinhos Laos e Camboja, mas acredito que aos poucos este triste cenário está mudando. Ainda que a passos lentos.

Em breve, faremos uma lista completa sobre o que não fazer na Tailândia – turismo exploratório e predatório, não só em relação aos animais, mas também aos povos, tailandeses e/ou refugiados. 

.

Mulheres-Girafa

Let’s polemizar

Nós do Leve Sem Destino não somos a favor desse programa pelo fato de existirem muitas controvérsias envolvendo os povos que ali vivem. São 3 tribos, dentre estas, as mulheres-girafa (tribo Kayan). Sabe-se que essas mulheres são refugiadas do Myanmar e que a tradição das argolas no pescoço é secular. Não se sabe ao certo o motivo do surgimento da tradição, mas, de qualquer forma, elas podem tirar as argolas a qualquer momento (desde que tomem cuidado para não se lesionarem, pois as argolas chegam a pesar mais de 10kg).

Pesquisas apontam que as mulheres ali refugiadas não podem sair da área delimitada pelo governo (bem precária por sinal). Também não podem trabalhar e tem pouco ou nenhum acesso à escolas. Dizem também que se as mulheres Kayan resolverem retirar as suas argolas de vez, deixam de receber ajuda de custo do governo tailandês. Ou seja, são bastante exploradas pelo turismo de massa e tem pouquíssimo retorno naquilo que elas mesmas produzem (artesanato). Não são poucas as opiniões que taxam o atrativo de “zoológico humano”.

Mas como é você que vai montar a sua lista de “O que fazer em Chiang Rai”, que fique claro que essa é a apenas nossa opinião. E que de fato, há quem tenha uma visão completamente diferente. Como preferimos não “pagar pra ver”, nos baseamos em pesquisas encontradas, principalmente (e mais uma vez), na opinião do 360 Meridianos.

Como somos democráticos, deixamos aqui uma segunda opinião, de quem foi e curtiu o atrativo. As meninas do Blog AZWanderlust. Aproveite para dar uma conferida no relato delas de um dia em Chiang Rai.


Espero que você tenha gostado de nosso post sobre o que fazer em Chiang Rai e não caia na besteira de fazer apenas um bate-volta! 😉


sudeste asiatico, por onde comecar - tailandia - laos febre amarela - anvisa

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem | Chip 4G

Gif por Marco Martina


Fábio Brasil

Brasiliense, formado em Ciência da Computação e louco por tecnologia. Assim que começou a ganhar um pouco de dinheiro e comprou um carro, passou a viajar bastante com sua namorada e parceira de blog, Mônica Rodrigues. Degustador amador de vinhos, cervejas e bons drinks. Pronto para aproveitar o melhor que a vida tem a oferecer!

4 comentários em “O que fazer em Chiang Rai – Tailândia

  • 15 de agosto de 2017 em 10:52
    Permalink

    Pow… Que bom saber que Chiang Rai tem tanta coisa assim, que outros blogs não contam.. hehehe..
    Vou pra Tailândia em novembro em lua-de-mel e estou montando meu roteiro.. Meio que já fechei, pois tinha que comprar logo os vôos internos.. E vendo sua postagem, fiquei triste em não ter incluído Chiang Rai… Ainda mais agora que vi que tem visitação a uma cervejaria local, pra mim que sou um apreciador de cervejas, isso é super tentador.. hehehehe
    mas já fica ai um motivo para voltar na Tailândia (nem fui ainda, mas já quero voltar, pois todo mundo fala que é muito bom)..

    Senti falta de umas postagens detalhadas sobre as praias e chiang mai.. vão rolar?

    Muito bom o site de vocês e as postagens. parabéns

    Resposta
    • 16 de agosto de 2017 em 10:52
      Permalink

      André, obrigada!

      Pois é, para sabermos sobre esses atrativos nós tivemos que sair “fuçando” internet adentro! (rsrs). Blogs escritos em inglês, TripAdvisor…. E o ruim é que nem a gente conseguiu aproveitar como queríamos. Mas o roteiro já estava apertado, tivemos que fazer escolhas e deixar muita coisa de fora. :/

      Então, a Fazenda da cerveja tailandesa Singha não é bem voltada pra degustação de cervejas, mas obviamente que lá deve ter várias dessa marca.

      Olha, em Chiang Mai não há praias. Será que você não confundiu com outra cidade? Chiang Mai e Chiang Rai são pontos excelentes para visitar Templos e Mercados Noturnos, mas as praias ficam ao Sul da Tailândia. Temos até agora a publicação sobre Koh Tao, talvez você já tenha visto, essa: http://levesemdestino.com/praias-de-koh-tao/

      A próxima será sobre Koh Phi Phi (praias e experiência de mergulho). Mas se você quiser saber de alguma outra, eu te ajudo com indicação de outros blogs, de amigos nossos. 🙂

      Abração!

      Resposta
  • 26 de junho de 2017 em 13:07
    Permalink

    Caramba pessoal!
    Como tem coisa pra fazer em Chiang Rai! Não sabia que essa cidade tinha tantas atrações…
    O mais engraçado é que estes passeios quase não aparecem nos blogs que vemos por ai. Parece que os brasileiros possuem uma “rota padrão” e todos que viajam para a Tailandia visitam as mesmas coisas. (talvez por isso que o grand palace é tão lotado haha)

    Também quero retornar até o Sudeste Asiático para fazer uns passeios menos convencionais, e, inclusive, passar uns dias em Chiang Rai.

    Um abraço pra vocês!

    Resposta
    • 16 de agosto de 2017 em 10:39
      Permalink

      Grande Flavão!

      Pois é, também ficamos decepcionados por não termos pesquisado isso tudo ANTES da viagem. Sai de lá com uma sensação de que precisávamos de mais tempo! snif…
      Mas tudo bem, agora estamos mais espertos e aproveitaremos mais ainda nossa próxima ida ao Sudeste Asiático! 🙂

      Outro abração!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *