Sudeste Asiático, por onde começar?

Tailândia e Laos – Março de 2017

 

When dreams come true…

Já faz 23 dias que acordamos deste intenso sonho. Nossa segunda experiência internacional não poderia ter sido mais perfeita! Tudo deu tão certo, que até os perrengues, as barreiras da linguagem e nossa grande dificuldade em lidar com a comida local pareciam fazer parte do roteiro. Não o que montamos, mas o que tá lá, desenhado na mão….

 

Sudeste Asiático, por onde começar?

Tudo nessa vida tem um começo. A montagem de um roteiro desses não poderia ser diferente. A fase inicial da sua trip chega muito antes de você descer do avião em terras asiáticas. Para facilitar sua vida, vamos definir COMEÇO, como a hora exata que a operadora do seu cartão confirma a compra da sua passagem aérea. Pronto, aqui você definiu o destino, e agora?

Documentação

A documentação completa para qualquer viagem internacional que você faça, você encontra fácil no Blog da migue Zê, o Emcantos Fotográficos, mais especificamente aqui. Foi essa listinha que usamos para preparar nossos documentos, o que facilitou muito a nossa vida. Eu andava com ela impressa, dentro de uma pastinha e ia ticando  tudo o que já havia providenciado. Como eu disse, o bom é que ela serve para qualquer destino internacional… #dicona 😉

Dicas para adiantar sua vida
Na Tailândia

A Tailândia não cobra visto dos brasileiros que desejam visitar o país para turismo ou negócios, desde que a permanência por lá seja de, no máximo, 90 dias.
O passaporte deve ter pelo menos seis meses de validade.

No Laos

Exige visto dos brasileiros, mas o processo é bem simples. Através do visa on arrival, você tira imediatamente ao entrar no aeroporto (ou em qualquer outra fronteira). Para isto, é necessário o preenchimento de um formulário, entregar uma foto 3×4 e pagar o valor de US$: 30 (março/2017). Este visto permite que o turista permaneça no país por até 30 dias.

O passaporte deve ter mais de seis meses de validade.

 

Sobre o Certificado Internacional de Vacinação de Febre Amarela
Na Tailândia

Para brasileiros, ao entrar em território tailandês é exigida a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação (CIV), em que conste imunização válida para a Febre Amarela. Para a retirada desse certificado você deve, primeiramente, estar com vacinação dentro do prazo de validade (10 anos). Caso o prazo tenha sido ultrapassado, você pode se dirigir a qualquer posto de vacinação e fazer a imunização. O Certificado Internacional é emitido em Centros de Orientação Para a Saúde do Viajante da Anvisa, entre eles os postos dos aeroportos, terminais rodoviários e portos. Veja a lista completa aqui.

O nosso, validamos no Aeroporto de Brasília. Foi bem rápido.

Mas atenção: Não deixe para fazer a validação com prazo muito curto para a viagem. Pode ser que haja algum erro/pendência no seu cartão de vacinação (aquele emitido pelos postos) e você tenha que ir atrás do “conserto”. Vimos isso acontecer com uma moça que estava a 1 dia da viagem e descobriu que a numeração exigida pela Anvisa estava incompleta. Vamos combinar, perrengue antes da viagem já é mau presságio. (Bate na madeira 3x pra isolar! rsrs). Ainda bem que você agora está com esse maravilhoso guia do “Sudeste Asiático, por onde começar?”.

No Laos

No Laos, nenhuma vacina específica é necessária para entrada no país.

.

Para saber mais sobre esses dois destinos em diversos aspectos, recomendo a leitura das páginas da Embaixada do Brasil em Bangkok , Portal Consular do MRE – Laos e do Portal Consular do MRE – Tailândia.

E se você vai fazer um mega mochilão e visitar os demais países vizinhos, o Blog Bagagem de Memórias  tem tudo (ou quase tudo…rs) que você precisa saber sobre a documentação necessária para entrar neles. Também tem dicas espetaculares!

Vou te contar um segredo: foi de lá que tiramos boa parte das informações que precisávamos para montarmos nosso roteiro. Enchi a Patrícia (autora do blog) de perguntas e a bonita respondeu da forma mais sincera que conseguiu. Beijos Pati!

Bem povo, por enquanto é isso. Nossas dicas sobre o “Sudeste Asiático, por onde começar?” são essas. Mas calma que tem muita informação em andamento. A próxima postagem será de dicas para montar seu roteiro baseado nos dias disponíveis na viagem. Serão respondidas perguntas como: Quanto tempo ficar em cada lugar, locomoção, passeios, entre outras dúvidas, que também foram nossas até pouco tempo. 🙂 


sudeste asiatico, por onde comecar - tailandia - laos febre amarela - anvisa

O Leve Sem Destino faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados abaixo, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

 

Hospedagem | Aluguel de Carros | Seguro Viagem | Chip 4G

Gif por Marco Martina


Mônica Rodrigues

Leonina, brasiliense de alma e coração, graduada em Administração em Comércio Exterior e apaixonada por tudo o que envolve o ramo (apesar de não atuar nele). Tem verdadeiro fascínio pelo desconhecido. Acredita que pessoas se tornam melhores ao se depararem com o externo/ diferente, o que foge da “bolha”. Se sente em paz ao viajar e carrega consigo seu namô e sua família pra onde quer que vá.

5 comentários em “Sudeste Asiático, por onde começar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *